25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

FISCALIZAÇÃO

TCE-MS alerta jurisdicionado sobre partir mudanças a partir de 1º de abril

Processo quer dar celeridade a identificação de envio e tramitação de documentos

A- A+

O Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul dá mais um passo no projeto desenvolvido pela Consultoria de Gestão Estratégica, em busca de mais celeridade na análise e julgamento dos processos. A implementação da uma nova ferramenta vai gerar uma mudança na identificação dos documentos enviados para o TCE-MS.

A chefe interina da Consultoria de Gestão Estratégica (CGE), Ariene do Carmo Castro, explicou que o TCE-MS está passando por uma mudança e, a partir do dia 1º de abril, todos os documentos enviados pelos jurisdicionados para o Tribunal, por meio do TCE Digital, vão ter como número identificador apenas o número da remessa. “Antigamente tínhamos número de protocolo, número de remessa e número de processo. Tudo isso será unificado em um único número – o da remessa, que identificará o documento durante todo o seu andamento dentro do TCE-MS.”

Ariene ressaltou que, em um primeiro momento, isso pode causar uma estranheza para os jurisdicionados, mas que não há motivo para preocupação e nem é necessário acionar o Tribunal por causa da mudança. “Na verdade isso irá simplificar o acompanhamento já que haverá um único número identificador para a realização de buscas sobre a tramitação dos documentos.”

A mudança é resultado de diversos estudos com o escopo de viabilizar maior celeridade e temporariedade na atuação do Tribunal de Contas, tornando a atuação mais eficiente e próxima da gestão pública de modo a gerar mais resultados imediatos à sociedade.