22 de maio de 2024
Campo Grande 28ºC

NOVELA | CULTURA

TV Globo contrata sul-mato-grossenses para assessorar novela 'Terra e Paixão'

Uma delas está de maneira permanente com a produção da próxima novela das 21h

A- A+

As sul-mato-grossenses Romilda Neto Pizani e Fabiana Fernandes prestam assessoria à TV Globo na nova novela das 21h da TV Globo ‘Terra e Paixão’, escrita por Walcyr Carrasco, que deve chegar às telinhas em 8 de maio. A direção artística é de Luiz Henrique Rios. A reportagem original saiu no TeatrineTV

Fabiana faz produção fixa na novela auxiliando nos temas indígenas, já Romilda, deu dois dias de Workshop para o elenco. Em um documento enviado ao TeatrineTV, o Coordenador de Desenvolvimento Artístico da Globo, Thiago Apulchro Maciel, confirmou que Romilda deu Workshops ao elenco principal do folhetim como: “Interlocutora sobre o tema Lideranças Pretas Femininas do Centro-Oeste em duas sessões de workshop para novela das 21h, ocorridas respectivamente nos dias 05 de dezembro de 2022 e 17 de janeiro de 2023”.

De acordo com Romilda, os encontros foram de maneira on-line, em uma sala virtual em que estavam estrelas como Tony Ramos, Susana Vieira, Glória Pires, Cauã Reymond, entre outros. “Eles estavam interessados em conhecer melhor os costumes, em especial da população negra sul-mato-grossense. Conversamos muito sobre as características da população negra daqui. Então, uma das perguntas que eles tinham era: qual é a maior característica da população negra daqui? A minha resposta para eles foi que a nossa maior característica é a miscigenação afro-indígena. Isso é o que talvez traga o diferencial aqui nessa região do Brasil, porque no que se refere a cultura em si, nós trazemos tudo que tem no restante do País, que está relacionado à nossa ancestralidade”, introduziu Romilda numa entrevista exclusiva ao TeatrineTV.   

Todos o elenco estava atentos, segundo Romilda, extremamente interessados em sanar suas dúvidas. “Você percebe que existe um compromisso profissional, todos estavam extremamente atentos, queriam se apropriar do assunto, isso foi surpreendente!”, pontuou. 

Romilda é educadora social e presidenta do Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro (MS) e isso a credenciou para oferecer ao seu ponto de vista sobre o assunto a produção global. “Eu passei para eles o meu olhar, mulher preta, ativista. Meu olhar sobre a pauta da mulher, da mulher negra, a questão do colorismo, falamos sobre a apropriação cultural... Eles queriam saber o que eu gostaria de ver na novela, sendo a protagonista uma pessoa preta”, contou.

Nos encontros muitas perguntas foram emplacadas. Romilda destacou algumas delas: “Foram várias rodadas de perguntas... Começou com perguntas de como se referir a um Quilombola? Quantas comunidades Quilombolas tem no Estado? Eu senti assim, a seriedade do trabalho!”, observou. 

Fabiana é douradense e assessora de maneira permanente a equipe da novela. Conhecida como produtora do grupo rapper indígena Brô MC’s, Fabiana está orientando a produção da novela sobre os temas indígenas e em visita a territórios dos povos originários de MS, há vários meses.

À reportagem Fabiana disse que faz consultoria etnográfica com foco no preparo do núcleo indígena. “E auxílio na produção de objetos e cenografia da aldeia cinematográfica que será construída no Projac”, esclareceu (...). 

Veja a reportagem COMPLETA original AQUI no TeatrineTV.