02 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 23º

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA | PORTO ALEGRE

Vídeo: "Ajuda, ajuda eu", gritava João, homem negro espancado até a morte no Carrefour

Uma funcionária do Carrefour tentou impedir que populares filmassem o momento em que João foi espancado

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi brutalmente espancado até a morte por dois seguranças na saída de um supermercado da rede Carrefour, no bairro Passo D'Areia, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A violência contra o homem negro aconteceu 1 dias antes daquele que seria o próximo Dia da Consciência Negra, celebrado nesta 6ª-feira (20.nov) no Bra

Uma funcionária do Carrefour chegou a tentar impedir que pessoas fimassem. As pessoas reagiram. "Isso aí não pode, estãomatando ele", disse um homem que filmava. Ao fundo joão gritava: "Ajuda, ajuda eu". Veja o vídeo abaixo, as imagens são fortes: 

Pelo twitter, o vice-governador do Rio Grande do Sul e secretário estadual da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, condenou a ação violenta dentro do supermercado e disse que irá apurar exaustivamente o caso. "Vamos apurar esse fato a sua exaustão, não podemos admitir ações dessa natureza", afirmou ele.

Vizinho da vítima, Paulão Paquetá contou ao Estadão ter testemunhado as agressões. “Estava chegando no local na hora das agressões. Eu estava a uns 10 metros quando começou. Tentamos intervir, mas não conseguimos”, relata. 

Paulão diz que a esposa da vítima também viu o espancamento, mas foi impedida de intervir. “Ela viu o marido sendo morto.”

*Com Estadão Conteúdo