22 de junho de 2024
Campo Grande 25ºC

Após ser presa por corrupção, vereadora renuncia ao mandato

A- A+

Uma das dez pessoas que estão presas desde o dia oito de outubro, em Naviraí – distante 366 km de Campo Grande, a policial civil aposentada e vereadora Solange Olímpia Pereira de Castro Melo (Pros) renunciou ao mandato na Câmara Municipal.

A parlamentar é acusada de fazer parte de um esquema de corrupção montado na Câmara do município para fraudar licitações, extorquir empresários e receber diárias fraudulentas.

Solange é casada com o delegado da Polícia Federal Severino Alexandre de Andrade Melo, que por mais de uma década chefiou a delegacia da PF (Polícia Federal) em Naviraí. Ela está recolhida no presídio feminino de Jateí. N

No dia 31 de outubro, Solange Melo e as outras nove pessoas que estão presas (quatro vereadores, três ex-assessores da Câmara e dois empresários) e mais três legisladores da cidade se tornaram réus na ação penal instaurada na comarca local.

Dany Nascimento