18 de junho de 2024
Campo Grande 30ºC

Hospital do Câncer de Barretos arrecada mais de R$ 88,6 mil em Itaporã

A- A+

Desde o início do ano até novembro, o Hospital do Câncer de Barretos arrecadou mais de R$ 88,6 mil em Itaporã com os eventos beneficentes e vendas da Lojinha Direito de Viver, enquanto de 2007 até o momento já foram repassados à entidade de saúde mais de R$ 254,4 mil, conforme balanço apresentado durante jantar de confraternização de encerramento do ano no município.

78

Segundo o coordenador de capitação de recursos do Hospital, André Moura, é uma vitória para a entidade arrecadar mais de R$ 80 mil que serão destinados para salvar vidas. “Tudo isso é fruto de um trabalho muito intenso de todas as nossas carinhosamente conhecidas formiguinhas, que realizam o seu trabalho voluntário”, ressaltou.

Ele reforça ainda que essa quantia em dinheiro é oriunda das vendas dos bazares realizados nos dois espaços que foram cedidos pela Prefeitura Municipal no Terminal Rodoviário de Itaporã, além dos eventos beneficentes, como a cavalgada com almoço e leilão e o jantar dançante, que juntos arrecadaram R$ 55 mil.

“São eventos de grande importância que, somados a todo trabalhado voluntário realizado dentro do município, vêm dando esse resultado positivo, que é repassado ao Hospital, onde toda essa doação se transforma em benefícios pela vida. Eu sempre costumo dizer que melhor ajudar por amor do que pela dor e é o que vem acontecendo e somos gratos ao povo de Itaporã”, declarou André Moura.

O coordenador de capitação de recursos do Hospital acrescenta que é uma causa que não tem lado político, cor, raça ou religião. “Estamos todos unidos em prol do combate ao câncer. Essas doações vão auxiliar os nossos irmãos itaporanenses que procuram o Hospital do Câncer de Barretos, que é referência mundial”, garantiu.

De acordo com o último levantamento divulgado em abril deste ano, o Hospital de Barretos atende cerca de 40 pessoas de Itaporã por mês sem custo algum, mas até o fim do ano tem um novo relatório e será possível ter um número mais preciso. “Deixo o convite para quem desejar contribuir, pois temos um leque de opções, desde doação de roupas e objetos até a aquisição da nossa revista. Também recebemos doação de dinheiro por meio de boletos bancários ou depósito na conta do Hospital. Ainda há o trabalho voluntário, seja nos nossos eventos beneficentes, seja no nosso bazar. Todos são bem-vindos”, garantiu.

Lojinhas

A madrinha das formiguinhas e responsável pelas lojinhas Direito de Viver, Maria Barbosa, destaca que está muito feliz com o trabalho que está sendo feito em prol do Hospital do Câncer de Barretos. “Assim como eu precisei há 7 anos, gostaria de continuar ajudando até o dia em que Deus resolver que não dá mais. Convido a todos que desejam participar desse trabalho maravilhoso, seja nas lojinhas ou como formiguinha, que abracem essa causa também”, afirmou.

12

Ela explica que muitas pessoas perguntam porque o grupo de voluntários em prol do Hospital do Câncer de Barretos são chamados formiguinhas e a resposta é sempre a mesma: é porque cada uma faz um pouquinho. “Por isso temos a lojinha funcionando a semana inteira, então, cada um que tiver algum tempo sobrando, pode ser mulher ou homem, dedique pelo menos meio período, de segunda a sábado, sendo que no sábado é só até o meio-dia”, avisou.

Maria Barbosa faz questão de convidar a população de Itaporã para a queima total de estoque da lojinha no próximo sábado (06/12). “Estamos convidando todo mundo para participar, pois será o encerramento do nosso ano. Foi um ano muito bom, proveitoso, um ano e meio de funcionamento da nossa loja, estou muito feliz. Agora também temos a nossa segunda lojinha, que fica ao lado da primeira”, informou.

A formiguinha completa que essa segunda lojinha tem apenas produtos novos, roupas e calçados novos que as lojas doam, tudo com etiqueta e com um preço mais atrativo. “Por exemplo, temos um calçado que no comércio local custa R$ 40,00, na nossa lojinha sai por R$ 20,00”, avisou.

Itaporã News