11 de abril de 2021
Campo Grande 34º 22º

MS 180 foi interditada e Iguatemi continua em situação de emergência

Na tarde desta segunda-feira (4) a MS 180 foi interditada, o motivo seria o desmoronamento de uma parte da estrada causado pelas fortes chuvas dos últimos dias no Estado.

A interdição será de 100% da estrada já que metade dela foi levada pela enxurrada. A Defesa Civil interditou a entrada de Juti e o próximo passo será interditar o sentido que segue de Iguatemi. O total será de 98 quilômetros de interdição, o curioso nesse caso é que esse trecho ainda seria inaugurado pelo Governo do Estado.

Quem precisar viajar para o sul do Estado terá que usar uma estrada alternativa, no caso a BR 163, a partir de Caarapó passando por Amamvbai e Tacuru atpe chegar a Iguatemi.

De acordo com informações da Defesa Civil, não é seguro trafegar nesse trecho, por este motivo a decisão de interdição foi tomada. O motivo seria as fortes chuvas que atingem o Estado desde o final do ano passado. Segundo o coordenador da Defesa Civil em Iguatemi Ramão Guerreiro, não existe previsão para que o tráfego nessa região seja retomado.

Situação em Iguatemi

Segundo o prefeito de Iguatemi José Roberto Felippe Arcoverde os prejuízos causados pelas chuvas chegam  aproximadamente R$ 4 milhões, mas não se tem um número exato já que as chuvas não dão uma trégua.

Ainda de acordo com José Roberto, na virada do ano quinta-feira (31) a chuva que caiu na madrugada derrubou uma ponte que liga o Assentamento Auxiliadora até o município de Iguatemi, e que situações como essas acontecem sempre que chuvas fortes atingem o município.

Sobre recursos ainda não se tem nada concreto, a informação é que o Estado irá disponibilizar equipamentos para ajudar pessoas que estão ilhadas nas estradas vicinais de Iguatemi “o que nós temos de concreto é que nesta quarta-feira deverá chegar ao município ajuda vinda do Estado para socorrer pessoas que estão em ilhadas nas fazendas ligadas por estradas vicinais à Iguatemi”, disse José Roberto.