25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Prefeitura de Dourados adquiri liminar que garante 80% dos educadores em sala de aula

A- A+

Após a decisão de uma possível paralisação dos professores em Dourados, a prefeitura, através da PGM (Procuradoria Geral do Município) entrou com uma ação inibitória de greve que foi acatada pelo TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), sob uma liminar expedida na sexta-feira (31) e que determina que 80% dos educadores permaneçam em sala de aula durante a mobilização.

De acordo com o Dourados News, a ação da prefeitura foi acatada pelo desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho e enfraquece a movimentação dos educadores.

Caso Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) não acate a exigência estabelecida na liminar, a multa será de R$10 mil ao dia. A porcentagem estabelecida na liminar, 80% refere-se ao total de educadores por escola.

Segundo o procurador geral do município, Alessandro Lemes Fagundes, a falta de diálogo com a administração municipal, motivo alegado pelos educadores para a retomada da greve foi considerado ilegal.

Os educadores solicitam desde julho deste ano, piso salarial de 20 horas e inclusão dos servidores administrativos no PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações).

 Dany Nascimento