17 de junho de 2021
Campo Grande 26º 15º

Taxa do lixo deve aumentar em Sidrolândia no próximo ano

A- A+

Os proprietários de imóveis do município de Sidrolândia – distante 70 quilômetros de Campo Grande – podem pagar, a partir de 2015, de R$ 4,20 e R$ 14,29 ao mês, pela coleta e destinação do lixo coletado em suas casas, caso o projeto seja aprovado na Câmara de Vereadores do município.

São realizadas 12 coletas ao mês, sendo então que, o serviço saíra por R$ 1,98 e R$ 0,58 a coleta, nos imóveis residenciais. De acordo com o site Região News, para efeito de cobrança, a cidade foi dividida em cinco setores, com valores diferenciados para os imóveis residenciais, comerciais e industriais. Em 2016 os valores serão aumentados em 60%, quando a taxa vai variar entre R$ 7,00 e R$ 23,82.

No caso dos imóveis residenciais as duas primeiras faixas de tarifa (I e II,) terão os mesmos valores abrangendo o centro da cidade (setor A) e bairros da parte alta, situados no setor B. Em 2015, nestes dois setores, os proprietários vão pagar R$ 14,29 por mês, valor embutido na conta de água. Já a área de abrangência do setor B, vão pagar em média cada coleta vai sair por R$ 1,98.

No setor C, que compreende o Bairro São Bento, a tarifa foi fixada em R$ 11,77 ao mês. No setor D a taxa do lixo será de R$ 5,88, também ao mês.  A tarifa mais barata será cobrada no setor E: R$ 4,20.

Setor A (centro da cidade)

Avenida Dorvalino dos Santos

Tarifa – R$ 14,29 (R$ 1,98)

Setor B-

Quadrilátero formado pelas Ruas Paraná- Mato Grosso-Aquidaban- Acre e Sol Nascente, Jardim Jandaia, Vila Olenka, Jardim das Paneiras

Tarifa – R$ 14,29 (R$ 1,98 por coleta)

Setor – C-

Bairro São Bento –

Tarifa – R$ 11,77 (R$ 1,63 por coleta)

Setor  D-

Pé de Cedro, Cascatinha 1, Jardim do Sul, Jardim Alfa e parte do Jardim Petrópolis

Tarifa –R$ 5,88 (R$ 0,81 por coleta)

Setor E –

Sidrolar, Diva Nantes, Santa Marta, Jardim Paraíso, parte do Petrópolis; Cascatinha 2; Altos da Figueira

Tayná Biazus