19 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Trabalhadores de quatro assentamentos em Terenos são certificados em cursos do Senar/MS

A- A+

Assentados e trabalhadores rurais da região de Terenos receberam hoje, 85 certificados por concluírem os cursos de horticultura orgânica e bovinocultura de leite oferecidos pelo Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), via Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao ensino Técnico).

O programa federal atendeu as demandas solicitadas pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social) e MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário) e foi realizado em parceria com a Prefeitura Municipal e o Sindicato Rural. Foram atendidos produtores dos assentamentos Jamic, 7 de Setembro, Santa Mônica e Nova Aliança.

Telson Martinez, morador do assentamento Nova Aliança há quatro anos, foi um dos formandos. Com 70 anos, ele já trabalha na produção de maracujá orgânico e afirmou estar satisfeito com as técnicas aplicadas no curso de horticultura orgânica. “É muito importante participar de capacitações como esta oferecida pelo Senar, na qual os instrutores aliam conhecimentos com experiências vivenciadas no cotidiano de trabalho. Nós temos uma horta comunitária no assentamento e estamos animados para iniciar produção para venda”, declarou.

Para Franciele Santos Mendes, 19 anos, que mora na fazenda Aimoré, o curso de horticultura foi bastante proveitoso e auxiliará no manejo da horta existente na propriedade. “Fiquei sabendo do curso na escola onde estudo, Antônio Valadares. Aprendi várias técnicas e o que mais me chamou atenção foi a produção de adubo orgânico e preparação de mudas”, detalhou.

Na turma de bovinocultura de leite, Osvaldo Pereira, 62 anos destacou que a profissionalização do trabalho realizado no cotidiano, possibilita o aumento da produção e consequentemente, da renda. “Já tenho experiência no trabalho com bovinocultura de leite, mas, acredito que a assistência técnica recebida no curso me ajudará a evitar desperdício e aumentar os lucros”.

A secretária de Desenvolvimento Agrário do município, Lucília Almeida, reforçou que as capacitações do Pronatec estão proporcionando uma transformação social na vida das comunidades atendidas e em Terenos não foi diferente. “Temos casos de pessoas que produziam 15 litros de leite diariamente e saltaram para uma produção de 350 litros, ao final do curso. Outro fator marcante foi a aproximação da família, já que muitos filhos de produtores desistiram de sair da área rural e optaram por trabalhar junto com os pais e irmãos”, argumentou.

Na oportunidade, a coordenadora da Unidade Educacional do Senar/MS, Maria do Rosário de Almeida, lembrou que a realização dos cursos só foi possível com apoio de todos os envolvidos e o empenho dos instrutores e alunos. “O desafio de viabilizar as capacitações do Pronatec foi grande, mas com apoio das prefeituras, sindicatos rurais, instrutores e alunos se tornaram possível. Por isso só temos a agradecer o comprometimento de cada um e anunciar que já estamos com a programação de 2015 pronta, com novos cursos, aguardando apenas a homologação do Ministério da Educação”.

A prefeita de Terenos, Carla Rezende Brandão, se colocou a disposição para continuar a parceria com o Senar/MS e salientou que o público correspondeu a expectativa de todos os envolvidos. “Os cursos estimularam nossos trabalhadores rurais a se especializar, por isso só temos que apoiar uma iniciativa que obteve 95% de aproveitamento dos alunos. Quero parabenizar o empenho do supervisor do Senar, Rodrigo Santana, que se dedicou para que o maior número de pessoas participasse”, concluiu.

Karla Machado com Assessoria