29 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 19º

Governador afirma que população saberá escolher na hora da eleição

O governador André Puccinelli (PMDB) concedeu entrevista hoje ao programa de rádio Tribuna Livre, da Capital FM, e fez um balanço de sua gestão destacando obras importantes como a do pacote MS Forte II.

Em relação à política, Puccinelli deixou claro que acredita que a população de Mato Grosso do Sul saberá escolher corretamente o futuro governador do Estado. "Tenho certeza que a população saberá escolher e se eles querem mudança vamos mudar", afirmou Puccinelli em alusão à pré-candidatura de Nelson Trad Filho ao governo do Estado que representa um novo perfil dentro da metodologia de administração herdada de André.

No entanto, o governador fez questão de ressaltar as realizações de seu governo e considerou Três Lagoas um dos municípios fundamentais para desenvolvimento econômico do Estado a partir da gestão da atual vice-governadora, então prefeita da cidade, Simone Tebet. "A industrialização de Três Lagoas se deu por conta da Simone e da Márcia Moura, eu apenas concedi às empresas os mesmos benefícios fiscais que concedo para os outros municípios."

Puccinelli também creditou a Simone, em parceria com ex-secretária de desenvolvimento agrário, da produção, indústria, comércio e turismo, Tereza Cristina, a vinda de novas indústrias para o Estado como a da borracha de Bataguassu, que tem promovido o crescimento econômico da região devido à geração de novos empregos.

Rebatendo críticas de partidos adversários a seu governo, o governador respondeu que oposição precisa mesmo criticar alguma coisa, mas deixou claro que, embora os resultados de sua gestão sejam melhores que os da anterior, sempre há o que melhorar. "Embora nós tenhamos tido 1º lugar na educação no Brasil, não é por isso que não há o que melhorar na educação, assim como na saúde", afirma.

Finalizando a entrevista, Puccinelli anunciou que irá entregar ao futuro governado do Estado, um programa de planejamento para o desenvolvimento dos municípios até 2050 contendo todas as informações atuais dos mesmos em relação às áreas de políticas públicas e um cronograma das necessidades de investimento em cada setor.

Heloísa Lazarini