28 de fevereiro de 2024
Campo Grande 23ºC

Corinthians vence e elimina Internacional da Supercopa Feminina

A- A+

Em uma manhã de domingo que testou os limites físicos das atletas com temperaturas que beiraram os 40 graus, as Gurias Coloradas enfrentaram um desafio árduo no Beira-Rio contra o Corinthians pela Supercopa Feminina de 2024. A estreia da temporada não foi como o esperado para o Internacional, que sofreu uma derrota por 4 a 2, sendo eliminado nas quartas de final do torneio em um jogo que manteve os torcedores na ponta dos assentos até o último apito.

Com três novidades na formação inicial, fruto do planejamento do técnico Brenno Basso para esta temporada, a equipe do Inter contou com a participação de Mayara na meta, Thaíni na lateral e Katrine, recém-chegada do Palmeiras, reforçando o meio-campo. No entanto, apesar dos ajustes e da esperança renovada, o time não conseguiu superar a eficácia do Corinthians.

O jogo começou em alta intensidade, com o Corinthians tomando a iniciativa e quase abrindo o placar aos 4 minutos com Gabi Zanotti, que viu seu chute encontrar a trave. A pressão inicial das visitantes logo se transformou em vantagem quando, após um erro defensivo do Inter, Jaqueline aproveitou para marcar o primeiro gol da partida. A resposta do Inter foi rápida, com Priscila conquistando e convertendo um pênalti, igualando o marcador.

A partida continuou frenética, com o Inter virando o jogo temporariamente antes do Corinthians igualar e, posteriormente, assumir a liderança novamente. O calor extremo foi um adversário à parte, provocando uma parada técnica e a substituição de jogadoras afetadas pelas altas temperaturas.

Apesar de momentos de brilho individual e coletivo, o Inter viu suas esperanças de avançar na competição serem desfeitas com o quarto gol do Corinthians, marcado por Jheniffer nos acréscimos, selando o destino das Gurias Coloradas na Supercopa Feminina.

Este confronto não apenas reiterou a intensidade da rivalidade entre as duas equipes, como também destacou o desafio adicional imposto pelas condições climáticas extremas. Para o Internacional, é um momento de reflexão e reagrupamento, enquanto o Corinthians avança no torneio, fortalecido pela vitória e pela superação das adversidades.

O jogo, marcado por reviravoltas e pela incansável luta de ambas as equipes, promete ser um precursor de uma temporada altamente competitiva no futebol feminino brasileiro. A derrota, embora dolorosa, serve como aprendizado para as Gurias Coloradas, que agora voltam suas atenções para os próximos desafios, visando fortalecer o time e buscar redenção nas futuras competições.

INTERNACIONAL 2 x 4 CORINTHIANS

INTER: Mayara; Tamara, Bruna Benites, Isa Haas e Thaíni (Zóio, no intervalo); Capelinha e Pati Llanos (Soll, 39'/1ºT), Katrine (Carlinha / 39' 2ºT) , Letícia Monteiro (Analuyza / 44' 2ºT); Belén Aquino e Priscila (Acuña, 44'/2ºT). Técnico: Brenno Basso. 

CORINTHIANS: Kemelli; Isabela, Tarciane, Mariza e Yasmin; Ju Ferreira, Gabi Zanotti (Vic Albuquerque, 31'/ 2ºT)e Duda Sampaio (Yaya, 10' 2T) ; Gabi Portilho (Eudimilla, 31'/2ºT); Jaqueline (Carol Tavares/ 39'2ºT) e Millene (Jheniffer / 40' 2ºT). Técnico: Lucas Piccinato.  

GOLS: Jaqueline (C), aos 6min do 1º Tempo; Priscila (I), aos 11min e aos 21min do 1º Tempo; Millene (C), aos 26min do 1º Tempo; Gabi Portilho (C), aos 41min do 1º Tempo; e Jheniffer (C), aos 48min do 2º Tempo 

CARTÕES AMARELOS: Mariza (C), Yaya (C), Gabi Portilho (C) 

ARBITRAGEM: Andreza Helena de Siqueira, auxiliada por Maira Mastella Moreira e Estefani Adriati Estrela da Rosa; 

PÚBLICO: 3.595 pessoas 

RENDA: R$ 17.955 

LOCAL: Beira-Rio, Porto Alegre



Fonte: Esportes