27 de fevereiro de 2024
Campo Grande 31ºC

Cruzeiro e Athletico Paranaense ficam só no empate, em Belo Horizonte

A- A+
O empate em 1 a 1 com o Cruzeiro, nesta quinta-feira (30), encerrou a luta do Athletico por uma vaga na CONMEBOL Libertadores 2024. Com 53 pontos conquistados, o Rubro-Negro não tem mais chances de chegar ao G6 do Campeonato Brasileiro.

Nas duas últimas rodadas, o objetivo será manter a oitava posição na tabela e assegurar uma vaga direta na terceira fase da Copa do Brasil. No calendário internacional, o Furacão terá a CONMEBOL Sudamericana no ano que vem.

O próximo compromisso está marcado para o próximo domingo (3), contra o Santos, na Ligga Arena. A última rodada do Brasileirão acontece na quarta-feira (6), com o Athletico enfrentando o Cuiabá, na casa do adversário.

O Jogo

Na luta contra o rebaixamento, o Cruzeiro buscava a vitória a todo custo. Lançando-se ao ataque, o time mineiro pressionou, mas esbarrou em uma atuação primorosa do goleiro Bento. Foram duas defesas milagrosas no primeiro tempo. A primeira delas, complementada com Cacá salvando em cima da linha após o rebote.

Para o Athletico, a melhor chance aconteceu já aos 43, quando Willian recuperou a bola no ataque, ficou cara a cara com o goleiro, mas parou na defesa de Rafael Cabral.

No início da segunda etapa, o Rubro-Negro cedeu menos oportunidades ao adversário. E aos 19, aproveitou sua chance e saiu na frente no placar. Fernandinho lançou na área, Erick cabeceou para o meio E lá estava Vitor Roque para mandar para rede!

A partir daí, o Cruzeiro voltou a pressionar. Aos 28, Matheus Pereira caiu na área em disputa com Erick e o árbitro marcou pênalti. Bruno Rodrigues foi para a cobrança. Mas esbarrou mais uma vez em Bento, um gigante no arco athleticano.

Só que, aos 39, ele não teve como evitar o empate. Nikão tocou para Matheus Pereira, que bateu da meia-lua. A bola ainda desviou e entrou no ângulo, definindo o placar em 1 a 1 no Mineirão.

Ficha técnica: Cruzeiro 1×1 Athletico Paranaense
Campeonato Brasileiro 2023: 36ª rodada
Data: 30/11/2023 (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Público total: 36.696
Renda: R$ 1.519.277,50

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Maira Mastella Moreira (RS)
Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
Quarto árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS)

Cruzeiro: Rafael Cabral; William, Neris, Luciano Castán e Marlon; Ian Luccas (Fernando Henrique, aos 12 do 2º tempo), Filipe Machado (Lucas Silva, aos 12 do 2º tempo), Japa (Nikão, aos 32 do 2º tempo) e Matheus Pereira; Bruno Rodrigues (Rafael Elias, aos 36 do 2º tempo) e Arthur Gomes (Robert, aos 36 do 2º tempo)
Técnico: Paulo Autuori
Gol: Matheus Pereira, aos 39 do segundo tempo
Cartões amarelos: Ian Luccas e Neris

Athletico Paranaense: Bento; Cacá, Thiago Heleno e Matheus Felipe (Kaique Rocha, aos 13 do 2º tempo); Cuello, Fernandinho, Erick e Christian (Rômulo, aos 44 do 2º tempo); Vitor Bueno (Hugo Moura, aos 37 do 2º tempo), Willian (Vitor Roque, no intervalo) e Bruno Zapelli (Madson, no intervalo)
Técnico: Wesley Carvalho
Gol: Vitor Roque, aos 19 do segundo tempo
Cartões amarelos: Matheus Felipe, Cacá, Hugo Moura e Rômulo

Fonte: Esportes