29 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

COPA DO MUNDO

Danilo, o lateral que prefere fazer yoga e ler a jogar videogame

De origem humilde, o lateral direito da seleção brasileira não é surpresa na equipe de Tite

A- A+

Jogador do Juventus, titular absoluto da seleção brasileira durante o ciclo para a Copa do Catar, Danilo é veterano no time. Aos 39 anos o atleta foi o escolhido para conceder a primeira entrevista coletiva durante o período de preparação para a Copa e “deu o nome”.


De origem humilde, o lateral direito da seleção brasileira não é surpresa na equipe de Tite. Mas lá atrás, quando ainda menino ele perdia as vezes em que subia na boleia do caminhão do pai, José Luiz, para tentar a sorte nos quatro linhas, ele jamais imaginaria esse futuro tão promissor!

Um orgulho não apenas para a família e para a pequena Bicas, mas para toda uma nação sedenta pelo título, que ele pode ajudar a trazer para o Brasil.

DOS CAMPINHOS DE TERRA AOS MUITOS EUROS

Natural de Bicas, uma pequena cidade na Zona da Mata mineira de com cerca de 15 mil habitantes, Danilo começou a se aventurar nos campinhos de terra.


O mesmo Danilo, convocado para a seleção, era um menino franzino treinado pelo pai e jogava em todas as posições, até mesmo como goleiro. Seu José Luiz, que era conhecido como Baiano, percebeu o talento do filho e decidiu ir de caminhão para Juiz de Fora, a 40 km de Bicas, em busca de clubes.

Seu José Luiz conseguiu uma reunião, realizada nas arquibancadas do Tupynambás e Danilo, com 12 anos na época, foi convidado para uma semana de avaliação. Jogou tanto como volante quanto lateral.

O time de base do Tupynambas jogou a primeira divisão do Campeonato Mineiro, mas ficou aquém da expectativa. Nenhum clube se interessou pelos meninos. Até que em uma partida contra o América-MG, ele se destacou e acabou contratado. Com apenas um ano no clube, em 2009, Danilo passou para titular da equipe e ajudou o time a subir para a série B.