25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

LUTO

Morre Roberto Dinamite, ídolo do Vasco da Gama, aos 68 anos

O apelido de Dinamite surgiu depois que ele estreou pelo Vasco da Gama, aos 17 anos, e marcou o primeiro gol dele na vitória por 2 a 0

A- A+

Neste domingo (8), morreu Roberto Dinamite, o maior ídolo da história do Vasco da Gama, aos 68 anos. Ele lutava contra um câncer no intestino desde o final de 2021 e, nos últimos dias, seu quadro piorou, o levando a ser internado no hospital Unimed, no Rio de Janeiro, no sábado (7).

O apelido de Dinamite surgiu depois que ele estreou pelo Vasco da Gama, aos 17 anos, e marcou o primeiro gol dele na vitória por 2 a 0. Depois disso, o Jornal dos Sports fez a manchete: “Garoto-dinamite explodiu” e o apelido pegou.


Pelo clube, Roberto Dinamite marcou 708 gols em 1.110 jogos. O ex-atacante, inclusive, ganhou quase 40 títulos pelo Vasco da Gama e, até hoje, é o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro com 190 gols marcados.

Apesar de ser muito marcado pelo clube carioca, ele também jogou no Barcelona e teve grandes atuações pela Seleção Brasileira, onde marcou 26 gols.

Na Copa da Argentina, em 1978, foi titular e artilheiro do Brasil, marcou três gols em cinco jogos. No lendário time da Copa de 1982, ele também estava, mas era reserva.


Ainda pelo Brasil, foi artilheiro na Copa América de 1983, onde o Brasil ficou com a segunda colocação, com três gols.

HOMENAGENS

O Vasco da Gama prestou sua homenagem a Roberto Dinamite nas redes sociais.

“É com o mais profundo pesar que o Vasco da Gama recebe a informação que o #MaiorDeTodos nos deixou neste domingo. Carlos Roberto de Oliveira, o Dinamite, dedicou 29 dos seus 68 anos ao Clube, como atleta e Presidente. Te amaremos para sempre, Calu. Descanse em paz”.

Tags: Luto