16 de abril de 2024
Campo Grande 24ºC

São Paulo e Red Bull ficam só no empate pelo Paulistão

A- A+

O Red Bull Bragantino somou um ponto na nona rodada do Campeonato Paulista. Na noite deste sábado (17), no Morumbis, o Massa Bruta empatou com o São Paulo em 2 a 2. Thiago Borbas e Nacho Laquintana marcaram os gols do Braga. Erick e Calleri converteram pelos donos da casa.

Com este resultado, os comandados do técnico Pedro Caixinha chegaram com 15 pontos, na liderança do Grupo C.

O Massa Bruta agora dá uma pausa no Estadual para pensar na Conmebol Libertadores. O time de Bragança Paulista estreia na competição internacional nesta terça-feira (27), em Medellín (COL), contra o Águilas Doradas.

O jogo

A partida começou quente na capital paulista. Logo com 1 minuto de jogo, Lucão se esticou todo para defender uma bola cruzada na área bragantina. O Massa Bruta não perdeu tempo e abriu o placar logo na primeira boa subida, aos 6 minutos. Após roubada de bola no meio de campo, Henry Mosquera ficou com a posse, avançou pela esquerda e tocou para Thiago Borbas na área. O uruguaio ajeitou o corpo e bateu rasteiro para balançar a rede.

Depois de abrir o placar, o Massa Bruta segurou a pressão do rival enquanto procurava espaços para atacar com muita troca de passes. A tabela na saída de bola surtiu efeito e o Braga assustou o rival aos 38 minutos. Vitinho recebeu de Matheus Fernandes no meio e disparou pela esquerda até a área. O ponta cortou o marcador e bateu cruzado, obrigando Rafael a espalmar.

O Red Bull Bragantino voltou do intervalo já assustando o rival. Com 26 segundos de bola rolando, Vitinho avançou pela esquerda, cortou para o meio e bateu da entrada da área, porém a tentativa saiu ao lado da trave. Dois minutos depois, Gustavo Neves tabelou com Thiago Borbas e chutou buscando o ângulo, mas Rafael saltou para salvar os donos da casa.

O São Paulo respondeu aos 11 minutos com uma finalização de Nikão dentro da área, mas Lucão buscou o chute rasteiro e salvou o Braga.

As duas equipes ficaram com dez jogadores aos 29 minutos com as expulsões de Arboleda e Helinho.

Aos 31 minutos, Lincoln cobrou falta colocada e viu Rafael buscar no canto e espalmar para escanteio. Três minutos depois, Vitinho cobrou falta pela esquerda em direção ao gol, mas Rafael encaixou. Aos 40, Vitinho finalizou pelo lado esquerdo da área, porém Rafael defendeu novamente.

O São Paulo empatou o placar aos 42 minutos com Erick.

O Braga ainda teve uma grande chance aos 46 minutos. Talisson recebeu de Lincoln, invadiu a área e finalizou cara a cara com Rafael, porém o goleiro salvou sua equipe. O São Paulo aproveitou a subida seguinte e virou o jogo com Calleri, aos 47 minutos.

A equipe bragantina não desistiu do jogo e empatou o placar aos 50 minutos. Lincoln subiu pela esquerda e cruzou na área. A bola desfilou na pequena área e Nacho fechou na segunda trave para bater de primeira e fechar o placar em 2 a 2.

FICHA TÉCNICA

São Paulo 2 x 2 Red Bull Bragantino

Local: Morumbis;
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo;
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Luiz Alberto Andrini Nogueira;
Cartão amarelos: Pablo Maia e Diego Costa (SAO); Talisson (Red Bull Bragantino);
Cartões vermelhos: Arboleda (SAO); Helinho (Red Bull Bragantino);
Gols: Thiago Borbas, aos 6min do 1ºT, e Nacho Laquintana, aos 50min do 2ºT (Red Bull Bragantino); Erick, aos 42min do 2ºT, Calleri, aos 47min do 2ºT (SAO).

Red Bull Bragantino: Lucão; Andrés Hurtado, Douglas Mendes, Léo Realpe (Léo Ortiz) e Guilherme (Helinho); Matheus Fernandes (Jadsom), Gustavo Neves e Lincoln; Nacho Laquintana, Thiago Borbas (Talisson) e Henry Mosquera (Vitinho). Técnico: Pedro Caixinha.

São Paulo: Rafael; Bobadilla, Arboleda, Diego Costa e Wellington; Pablo Maia (Alan Franco), Alisson e Nikão (Erick); Luciano (Michel Araújo), Ferreira (Luiz Gustavo) e Calleri. Técnico: Thiago Carpini.

Fonte: Esportes