23 de setembro de 2020
Campo Grande 31º 17º

'NOVA-POLÍTICA'

Angústia de uns é 'carta na manga' de outros na política estadual em ano de eleição

Pré-candidato bicudo inventou narrativa 'ficcional' para justificar áreas rentáveis no interior de MS

Órgãos de fiscalização, repressão e controle são fundamentais para combater as várias formas de corrupção. A propósito, nos bastidores refinados da política estadual uns vivem a angústia e outros a torcida sobre possível provocação ao Ministério Publico para apurar rentáveis operações de empresário e pré-candidato bicudo no interior, que criou uma justificativa ‘ficcional’ para explicar o loteamento de dezenas de terrenos, sem cumprir exigência legal de destinar parte dessa área ao município. O empreendedor ainda pôs mais brasa sob o caldeirão ao delatar que tal arranjo foi orquestrado por um ex-secretário, especialista em acertar tudo. E dentro da lei. Da lei de quem? Ah! E as provas que levam ao ex-secretário teriam sumido. Ou sumiram com elas. Assim, do nada. restou um código com números indicativos da transação\: a dezena 23 e a dezena 30,6. Não é jogo do bicho. Mas o pessoal do loteamento acerto na cabeça!