16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

ACIDENTE FATAL | INTERIOR

Casal morre prensado por caminhão de idoso no interior de MS

Caminhoneiro tentou fugir, mas foi preso há mil e quinhentos metros em uma chácara

A- A+

Jesus Ferreira Maia, de 53 anos e sua esposa, Glaucimar de Queiroz Vasques, de 45 anos, morreram às 13h30 desta segunda-feira (24.jan.22) em acidente de trânsito (sinistro) no quilômetro 232, próximo ao trevo de acesso a uma pedreira, na BR-262 em Ribas do Rio Pardo (MS).

Segundo o registro de ocorrência, o carro em que o casal estava, um VW/Gol com placas ERP-8487 de Três Lagoas/MS, foi destruído ao ser atingido por um caminhão Volkswagen com placas CRT 6972 de Campo Grande/MS, conduzido por José Pereira, de 72 anos.

O motorista do caminhão chegou a tentar a fuga do local do acidente ao notar que o casal morreu na hora, José, porém, foi preso em flagrante há mil e quinhentos metros do local. A polícia disse que o idoso estava com a CNH vencida desde janeiro de 2021.

De acordo com a polícia, os veículos seguiam em sentidos opostos: “Jesus Ferreira Maia e tendo como passageira Glaucimar de Queiroz Vasques Ramos, seguia sentido Leste/Oeste, ao passo que o caminhão Volkswagen com placas CRT 6972 Campo Grande/MS seguia sentido Oeste/Leste”, diz o extrato. Quando na altura do quilômetro 232 da pista, o motorista do caminhão converteu repentinamente a esquerda, momento em que Jesus chocou-se frontalmente com o caminhão.

Com o impacto, o casal morreu na hora: “Ficando estes encarcerados entre as ferragens. O local foi atendido pela VTR ABT-23 do Corpo de Bombeiros, que retiraram os corpos do veículo. A Perita Sâmia retirou o disco de tacógrafo do caminhão e o reteve para compor seu laudo pericial”, completou a polícia. 

O caso foi registrado como homicídio culposo cometido na direção de veículo automotor, a pena é aumentada de 1/3 (um terço) a metade, se o agente deixar de prestar socorro, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à vítima do acidente. José Pereira foi levado preso à Delegacia de Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo.