19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Música

Dj da Capital descobre talento em festa surpresa para irmã

A noite nos dias atuais é tão esplendorosa quanto dia, dessa vez sem o brilho do Sol, mas existe a beleza do brilho da Lua. Satélites, estrelas, pessoas que caminham longas estradas, aquelas que dirigem por toda a madrugada com o carro cheio de amigos sem eles terem direção certa pra ir, outrora nem querem tal direção.

E uma balada é indispensável, pra fechar a noite com chave de ouro. E independe do ritmo, o natural é que todos eles querem sentir o sangue quente no sereno gelado da madrugada.

E alguns personagens tornam-se reis, quando eles são os responsáveis por fazer com que a noite dessas pessoas se torne inesquecível, assim se define a noite para o DJ Giovani Martins (26), natural de Ponta Porã, vem pra Campo Grande aos oito anos.

Carreira

Se apaixona pela a arte de mixar o som aos 17 anos, em uma festa de aniversário da irmã, "Era tudo uma grande brincadeira, eu queria fazer uma surpresa pra minha irmã e enquanto caminhava por uma rua lá no bairro vi uma placa com os dizeres 'Aluga-se som', eu aluguei e fiz o som, a galera curtiu e daí comecei a me interessar", comenta.

Aos 19 anos Giovani entra em um curso pra DJs para aprimorar e conhecer de fato as técnicas, "É quando eu começo a levar a sério, minha família foi super contra, venho de uma família de sertanejos, mas vi que era isso que queria pra minha vida e hoje vivo apenas da noite", explica emocionado.

O rapaz que antes de estar atrás de uma mesa de som, revela ter passados por várias outras profissões, porém eram todas desenvolvidas sob a luz do Sol, e não era isso que Giovani queria, "Poxa já trabalhei de muitas coisas, antes de ser DJ eu trabalhava em um lava-jato, todas durante o dia", esclarece.

Objetivos

Giovani começou a mixar aos 17 anos

Atualmente uma das figuras mais requisitadas nas casas noturnas e festas de Campo Grande e no Estado, o DJ almeja um sucesso maior, em entrevista ao site MS Notícias revela, "Eu agora estou aprendendo a compor minhas próprias músicas e não pretendo parar por aqui, quero tocar nas noites por todo o Brasil e pelo mundo, se Deus quiser", diz o DJ.

Segundo Giovani suas inspirações iniciais foram baseadas em DJs daqui do Estado, "Eu curtia o som do DJ Marquinhos Espinosa, que eu acho um cara muito inteligente e gente boa também que me dá muitos 'toques' em minhas produções", aponta.

Um de seus mais impactantes shows segundo Giovani, foi realizado no interior do Estado, na cidade de Rio Verde, "Sem dúvidas o show que sempre será inesquecível, a galera me falou que eram cerca de 8 mil pessoas, eu tremi, foi incrível", relembra orgulhoso.

A partir de então, a noite tornou-se a amiga mais fiel do profissional, que tira seu sustento de algo que segundo o mesmo, "Me encanta". Giovani explica que o mais emocionante do que dominar um som é ver as pessoas felizes enquanto dançam as batidas que se misturam em muitos ritmos.

Assim as noites dos campo-grandenses sempre se enfeitam, quando pessoas como Giovani Martins decidem sonhar, aprimorar as técnicas e levar um som de qualidade para os baladeiros e mais que isso, levar um final de noite com um sorriso inesquecível.

Serviço-  Confira o vídeo do DJ no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=_6ChmAOjJG8&feature=youtu.be