22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Em MS, receitas com exportação cai 0,88% no acumulado de 2014

A- A+

Em Mato Grosso do Sul, as receitas com exportações caíram 0,88% no acumulado de janeiro a outubro deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passando. A receita passou de US$ 4,636 bilhões para US$ 4,596 bilhões. As informações são do Agrodebate. Cinco produtos registram até o quinto bimestre deste ano o maior faturamento com as exportações, quatro são produzidos ou utilizam matérias-primas do agronegócio do estado: a soja em grãos, em primeiro, com US$ 1,229 bilhão; a celulose, em segundo, com US$ 897,966 milhões; a carne desossada e congelada de bovinos, em terceiro com US$ 505,285 milhões e o açúcar, em quinto, com US$ 296,558 milhões. Do “top cinco” do ranking de receita de vendas no mercado internacional pelo estado, o único produto que não está relacionado ao agronegócio, conforme os dados do Mdic, é o minério de ferro não aglomerado e seus concentrados, que ocupa a quarta posição na listagem deste ano, com faturamento de US$ 427,975 milhões. A China se mantém no acumulado de 2014 como principal parceiro comercial do Estado. O país foi o responsável, nos últimos cinco bimestres pela compra de US$ 1,378 bilhão em produtos, o equivalente a 29,99% do faturamento total. Em segundo lugar aparece a Argentina com US$ 473,181 milhões (10,29% do total), a Rússia, com  357,750 milhões (7,78%), a Holanda, com US$ 272,599 milhões (5,93%) e a Itália, com US$ 257,192 milhões (5,59%). Tayná Biazus