24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

Inscrições para curso técnico do Senar seguem até dia 10 de dezembro, mas faltam poucas vagas

A- A+

As inscrições para o curso de técnico em agronegócio do Senar/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural contabilizam mais de 500 participantes, do total de 780 inscrições abertas, em menos de 15 dias. Até o dia 15 de dezembro os inscritos podem agendar a prova, de acordo com o calendário nacional de cursos. As inscrições ao processo seletivo do Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no Senar podem ser feitas até o dia 10 de dezembro no portal http://etec.senar.org.br/. No entanto, o objetivo é estender a rede para todas as unidades federativas do país, ampliando as chances dos brasileiros que vivem no campo. Os polos presenciais de Mato Grosso do Sul estão localizados nos municípios de Maracaju, Dourados e Inocência e funcionarão nos Sindicatos Rurais que são os parceiros diretos do Senar, oferecendo espaço físico e estrutura tecnológica para a realização das aulas presenciais. Até o momento, concorrência já alcança dois candidatos por vaga e em todo território nacional, o número de inscritos para o mesmo curso já superou três mil. Na avaliação do coordenador da Unidade de Inovação e Conhecimento do Senar/MS, Roberto Murillo Mathias Costa Júnior, a procura superou as expectativas dos realizadores que estão preparando o cronograma de 2015. “O novo processo seletivo provavelmente começará em março do ano que vem, porém, ainda não há definição sobre a próxima especialidade oferecida”, revelou. O Senar tem como meta formar uma rede de cobertura nacional com mais de 100 polos de apoio presencial, garantindo 20 mil vagas somente no curso técnico em agronegócio. Inicialmente 20 unidades funcionarão em nove estados: Mato Grosso do Sul, Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Sergipe. Será oferecido aos alunos o material completo com um kit impresso e videoaulas em DVD. Já nos polos de apoio, os participantes terão acesso a recursos virtuais para realizarem as atividades solicitadas. Como em outros Estados, a formação será gratuita e os candidatos deverão ter ensino médio completo. Leide Laura Meneses