08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

CÃES E GATOS

Casas com pet: veja as dicas de cuidados com o seu amiguinho

Pesquisa destacou que a cada 4 pets 3 cães dormem com "pais"

A- A+

Hoje em dia é bem comum ter casas com pet, inclusive, muitos tutores moram sozinhos com seus fiéis companheiros para todas as horas.

Os cães e gatos são os preferidos pelos lares brasileiros, eles costumam se adaptar bem em ambientes fechados e a rotina doméstica de seus tutores.

Uma pesquisa destacou que a cada 4 pets 3 cães dormem com “pais”, e isso tem se tornado cultural, já que a um tempo atrás os animais de estimação viviam fora de casa em casinhas no quintal.

Contudo, como os pets vivem uma rotina dentro de casa alguns cuidados precisam ser tomados, principalmente para evitar comportamentos inesperados dos cães, como por exemplo, móveis e sapatos roídos.

Como os cachorros e gatos são animais que precisam canalizar suas energias, será preciso adotar alguns cuidados que iremos destacar ao longo deste artigo.

ESTABELEÇA UMA ROTINA PARA O PET 

A primeira dica de cuidado para casa com pet é sobre a rotina doméstica que deve ser seguida pelo tutor, estabelecendo horários para as refeições e passeios com o seu melhor amigo.

Mesmo os gatos que não precisam passear fora de casa, necessitam de uma rotina de cuidados com a alimentação de qualidade e balanceada, limpeza da caixa de areia e momentos de interação com o tutor.

É bem importante que o tutor, além de cuidar da saúde do animal, determine uma rotina para seu pet, isso ajuda a manter um ambiente harmonioso e feliz para ambos.

OFEREÇA ESTIMULADORES PARA CANALIZAR ENERGIA DO SEU PET

Muitos cães e gatos ficam entediados se não seguirem uma rotina com seus tutores, isso inclui as brincadeiras, organização de horários e adaptação do espaço.

Na adaptação do ambiente para convívio com o pet estão relacionadas algumas ações como por exemplo, a preservação dos móveis evitando arranhões e desgastes, bem como oferecendo estimuladores para canalizar as energias do animal.

A ideia é oferecer brinquedos de acordo com a espécie e idade do peludinho, sendo essas as dicas fundamentais na hora de escolher estimuladores para o ambiente de casa com pets. 

CRIE UM ESPAÇO PARA O CONFORTO DO SEU AMIGUINHO 

Além de investir em brinquedos que estimulem o pet, também será preciso criar um espaço confortável para o cão ou gatinho dormir e brincar.

Mesmo que o pet durma com os tutores, muitas pessoas não gostam de tal prática, por isso, a solução é investir em uma caminha para o peludo.

Caso necessite criar um ambiente personalizado, a sugestão é usar pallets de madeira  e colas brancas para a montagem de uma casinha, algumas almofadas e cobertas para manter o animal pet sempre confortável.

OBSERVE POSSÍVEIS RISCOS NA CASA COM PET

Para manter o espaço confortável e seguro, observe os possíveis riscos para o pet no ambiente, escolha plantas ornamentais que não são venenosas, organize os produtos de limpeza e instale telas antiquedas nas janelas dos apartamentos.

A casa com pet é um lugar alegre, e isso só é possível se o tutor investir em seguranças, cuidados especiais e muito amor pelo seu amiguinho.