29 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

SAÚDE

Cassems faz 2º transplante de medula óssea de alta complexidade

Família aquidauanense celebrou procedimento no paciente de 64 anos

A- A+

O Hospital Cassems de Campo Grande (MS) realizou mais um transplante de medula óssea bem-sucedido e após receber alta hospitalar, o paciente Paulo César Rodrigues dos Reis, de 64 anos, voltou para casa junto com a família. O sucesso de mais um procedimento de alta complexidade, realizado no início do mês, consolida o projeto de ampliação do serviço de transplante iniciado pela Caixa dos Servidores.

“Pouco mais de dois anos atrás, nós estávamos comemorando a autorização dada pelo Ministério da Saúde para realizarmos transplantes de medula óssea e, hoje, estamos celebrando o segundo transplante feito, com sucesso, no Hospital da Caixa dos Servidores de Campo Grande. Então, para todos nós da família Cassems, diretoria, conselheiros, colaboradores e médicos, é uma enorme satisfação divulgar essa notícia. Quando a gente ouve a frase: ‘a medula pegou’, um sentimento de gratidão toma conta de todos nós”, celebrou o presidente da Cassems, Ricardo Ayache.

A médica hematologista e responsável técnica pelo transplante de medula óssea no Hospital Cassems de Campo Grande, Soraia Romanini também comemora o sucesso de mais um transplante. “Estamos felizes por mais um paciente ser beneficiado por esse procedimento. Tudo isso vem coroar um trabalho que estamos realizando muito antes de todo o transplante acontecer”, destacou.

O PACIENTE

Paulo foi diagnosticado com mieloma múltiplo ano passado, quando começou a sentir dores nas pernas. Com o diagnóstico teve início o tratamento e a preparação para o transplante.

O paciente conta que foi o trabalho da equipe multidisciplinar da unidade hospitalar que deu força para enfrentar e vencer a doença. “Um trabalho espetacular, da equipe de enfermagem, da equipe de fisioterapia, de dentistas, de todo mundo, uma equipe multidisciplinar que funciona, que te põe para cima e que faz com que você possa ter fé de que daqui você vai sair curado”, relatou.

 Paulo ao centro, à esquerda o filho dele, Marcelo Andrade Rodrigues Reis. Foto: Messias Ferreira Paulo ao centro, à esquerda o filho dele, Marcelo Andrade Rodrigues Reis. Foto: Messias Ferreira


Durante os 24 dias de internação, o filho de Paulo, Marcelo Andrade Rodrigues Reis, acompanhou todo o procedimento ao lado do pai e detalhou a importância da atuação de cada um dos profissionais da equipe. “Desde a enfermagem, nutrição, fisioterapia, sem contar a parte médica. Teve momentos que meu pai não conseguia comer e ter esse acompanhamento ajudava muito. Meu papel de acompanhante foi só dar força e acho que consegui cumprir”, afirmou. “Agora é vida nova”.

De Aquidauana a família acompanhou cada etapa do procedimento e a esposa de Paulo, Sandra Reis, emocionada fala do alívio ao rever o marido. “Nós nunca perdemos a confiança e nos sentimos muito acolhidos por toda a equipe, que nunca nos deixou perder a esperança. Só tenho a agradecer”.

O beneficiário da Cassems, Paulo César Rodrigues do Reis, recebeu alta após o procedimento bem-sucedido. Foto: Messias FerreiraO beneficiário da Cassems, Paulo César Rodrigues do Reis, recebeu alta após o procedimento bem-sucedido. Foto: Messias Ferreira

Ao deixar o Hospital, Paulo ressalta a importância do serviço próximo aos sul-mato-grossenses. “Quero mostrar para Mato Grosso do Sul que é possível, é necessário ter um serviço como esse implantado aqui. E deixar uma mensagem de esperança, lógico que eu confio muito no meu Deus, mas acima de tudo o trabalho científico que foi feito aqui”, finalizou.

1º TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA 

O Hospital Cassems de Campo Grande é o 1º do Mato Grosso do Sul autorizado a realizar transplante de medula óssea. O primeiro procedimento de alta complexidade ocorreu em agosto de 2022. Com isso MS se tornou o 11º estado do Brasil autorizado a fazer esse tipo de transplante.