27 de setembro de 2021
Campo Grande 34º 22º

FAMOSOS

"Eu era a última turma, ninguém olhava para mim", diz Fátima Bernardes sobre crushes

Apresentadora disse ter sido ignorada por amores da adolescência

A- A+

A jornalista e apresentadora do programa Encontro com Fátima Bernardes, disse em programa apresentado nesta manhã de 4ª-feira (25.nov.2020), que quando era jovem ela tinha amor platônicos, porém, ela disse que a pessoas que ela queria quase nunca a dava atenção. “Eu era bem a última da turma, aqueles que eu tinha crush nunca olhava para mim”, disse a apresentadora. 

A paixão platônica, é aquela em que o interessado deseja muito outro, porém acaba por algum motivo não podendo dizer o que sente ao outro.  Bernardes citou que, apesar de ter suas paixões no passado nunca foi correspondida. 

Durante o programa, ocorreu a participação do cantor César Menotti, da dupla com Fabiano, que divertiu os fãs no domingo (22.nov.2020) ao contar que tinha uma "paixão platônica" por Deborah Secco quando era adolescente. O cantor sertanejo ainda brincou sobre a "intimidade imaginária" que os dois tinham.

"Já tive algumas paixões platônicas na adolescência, mas umas das mais fortes foi Deborah Secco que eu tinha intimidade imaginária e chamava de Dede", escreveu César no Twitter. "Eu fui casada imaginariamente com o Richard Gere, César! Ainda bem que agora você pode me chamar de Dedé e podemos ser bons amigos", respondeu Deborah.

FÁTIMA É ALVO DAS REDES 

O Twitter ficou louco na data de ontem (24.nov.2020), após internautas levantarem um assunto bastante polêmico em relação ao Deputado Federal Túlio Gadêlha (PDT-PERNABUCO) e Fátima Bernardes. Seguidores de Fátima julgaram que o político só venceu devido à apresentadora. Mas vale lembrar que quem incendiou a polêmica foi o próprio Gadelha, em postagem feita em sua rede social o político escreveu. 

“Meu chefe de gabinete foi procurado pela coordenação da campanha do PSB no Recife. Disse que eles estavam querendo “negociar o meu silêncio” nesse segundo turno. Dá pra acreditar?! Me senti testemunha de um crime. Crime mesmo foi o que eles fizeram nesses últimos anos no Recife”, declarou Túlio Gadêlha no Twitter e no Instagram.

Essa declaração bastou para que ele fosse acusado de usar a imagem de Fátima Bernardes para se eleger, além disso, muitos disseram que ele está com raiva porque não foi escolhido para concorrer ao cargo de prefeito por isso, está usando sua posição de famoso para atacar o partido.