27 de janeiro de 2022
Campo Grande 30º 22º

NACIONAL | ASSÉDIO SEXUAL

Professor é preso por oferecer R$ 50 para aluna 'tirar a blusa'

Homem alegou que havia feito "apenas uma brincadeirinha de mau gosto"

A- A+

Um professor de 46 anos foi preso na quarta-feira (1º.dez.21), após três alunas da Escola Estadual Tancredo Neves, no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá (MT), registrarem denúncia de assédio sexual. O suspeito chegou a oferecer R$ 50 para uma das alunas tirar a blusa. As informações são do g1.  

Professor se aproximava das alunas durante a aula, chegando a acariciar partes íntimas das adolescentes, diz as denunciantes em registro. Elas afirmaram que o homem sussurrava elogios.

As vítimas procuraram a diretoria da escola, que acionou os pais e a Polícia Militar. Os policiais compareceram na unidade, onde o professor foi preso. Questionado sobre as denúncias de assédio sexual contra as menores de idade, o homem alegou que o que havia feito era “apenas uma brincadeirinha de mau gosto”.

Ele foi levado para a Delegacia da Mulher para as devidas providências. A Polícia Civil está investigando o caso.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), informou que o professor foi imediatamente afastado da escola e transferido para a Diretoria Regional de Educação de Cuiabá, enquanto responde ao processo judicial e administrativo.

A secretaria também reforçou que as estudantes, assim como os familiares e a comunidade escolar, estão recebendo atendimento psicossocial com ações do Programa Educação para Redução do Absenteísmo, que tem como objetivo a permanente articulação de educação e saúde nas escolas.

OUTRO CASO NO MESMO ESTADO

Caso aconteceu na Escola Estadual Milton Da Costa Ferreira  Foto: Google MapsCaso aconteceu na Escola Estadual Milton Da Costa Ferreira — Foto: Google Maps

Um professor e o pai de uma aluna foram encaminhados para a delegacia por brigarem com socos e chutes após o pai ir denunciar o suposto assédio que a filha dele, de 17 anos, vinha sofrendo pelo professor na escola, em Jaciara (MT), na quarta (1°.dez.21).

De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada para atender a ocorrência na escola Milton da Costa Ferreira, no município.

A Secretaria de Estadual de Educação (Seduc), informou por meio de nota que já está em contato com a direção escolar e também assessoria pedagógica da Escola Estadual Milton da Costa Ferreira, para averiguar o ocorrido e iniciar as primeiras medidas necessárias.

No local, o pai da aluna relatou que a filham, de 17 anos, vem sofrendo assédio sexual já faz tempo pelo professor. Ele fez uma reunião com o coordenador da escola e com o professor para conversar sobre o problema.

Segundo o que o coordenador disse à polícia, o pai já chegou bem nervoso no local.

Eles começaram a conversar, se exaltaram e entraram em conflito trocando socos até caírem no chão. Os dois foram separados por outros professores.

À polícia, a adolescente confirmou que vem sofrendo assédio por parte do professor, relatando que ele já a segurou por trás e tocou em suas partes íntimas, entre outras ações;

Diante dos relatos da vítima, o pai e o professor foram conduzidos para delegacia.