22 de maio de 2024
Campo Grande 25ºC

DIREITOS TRABALHISTAS

Sesi inicia vacinação contra gripe nas indústrias de MS

Meta é aplicar 32 mil doses em 2023

A- A+

Cerca de 100 colaboradores e dependentes da indústria de nutrição animal Adames, em Campo Grande, começaram a receber nesta 2ª.eira (17.abr.23) as doses da vacina contra a gripe. A ação marca o início da campanha anual de imunização do Sesi junto ao setor industrial em Mato Grosso do Sul.

Enfermeiras do Sesi estiveram na sede da empresa para aplicar as doses da vacina tetravalente, que previne contra as cepas H1N1, H3N2 e duas linhagens do tipo B do vírus Influenza. O foco principal da campanha são os trabalhadores da indústria e seus dependentes, mas o público em geral também poderá aderir à imunização. Ao todo, foram adquiridas neste ano 32 mil doses da vacina.

O diretor do Sistema Fiems e proprietário da empresa, Walter Gargione Adames, enalteceu a parceria entre a indústria e o Sesi, que já dura cinco anos, e que traz benefícios aos colaboradores por meio da imunização.

“Melhorou muito a nossa assiduidade. Diminuiu bastante os casos de falta dos trabalhadores por conta de gripe. Eu mesmo participo todos os anos. Depois que comecei a vacinar, nunca mais tive gripe. Antes, todo ano eu passava por aquele sofrimento”, contou.

Segundo o diretor da empresa, Pedro Adames, a grande maioria dos trabalhadores aderiu à campanha de vacinação. “Temos observado que a participação dos colaboradores vem aumentando a cada ano. Isso mostra que todos estão entendendo a importância de se vacinar para se prevenir das doenças que estamos tendo, principalmente nesse cenário pós-covid”, afirmou.

A enfermeira do Sesi Patrícia Dellevati Ferreira explicou que as doses da vacina são atualizadas anualmente. “É importante a gente realizar a vacinação todos os anos porque as cepas contidas na dose são as que mais aconteceram as pessoas no ano anterior, causando gripe forte e levando pacientes a internação”, disse.

Cassiane Soares Bolzan é trainee na Adames e chegou a Mato Grosso do Sul em março deste ano. Ela valorizou a iniciativa da empresa em imunizar os colaboradores. “Vim do Rio Grande do Sul, onde já me vacinava. Achei bem bacana a iniciativa da empresa em trazer a vacinação em horários de funcionamento. Assim, todos os funcionários conseguem acessar esse serviço”, contou.

A CAMPANHA

O período de imunização vai até agosto. A responsabilidade pela aplicação das doses é do Sesi, e essa despesa está incluída no valor do imunizante. Para empresas, os horários de vacinação são flexíveis e podem ser agendados conforme a necessidade dos colaboradores.

A tabela de preços oferece desconto nos valores da vacina para a indústria, especialmente aquelas associadas a sindicatos filiados à Fiems.