25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

ALERTA ESPACIAL

Urgente: destroços de foguete chinês podem atingir MS neste sábado

Equipamento de 21 toneladas está sendo arrastado para uma reentrada descontrolada; veja se você está num caminho de detritos

A- A+

Destroços do foguete chinês Long March 5b devem cair na Terra neste sábado (29.jul.22) e o território sul-mato-grossense está na rota de impacto dos objetos. O corpo do foguete tem 21 toneladas

O foguete foi lançado em 24 de julho de 2022 a partir do Centro de Lançamentos Wenchang, na Ilha Hainan, na China.

As informações são da ONG The Aerospace Corporation, que monitora a situação. A previsão atual para reentrada do corpo do foguete na atmosfera é de 14h05, no horário de Campo Grande (MS).  

Além do Brasil, a previsão indica que a queda possa ocorrer em outros países da América do Sul, América Central e América do Norte. 

O governo chinês garante que a reentrada do foguete representa poucos riscos, pois os destroços devem cair no mar.

Apesar das declarações oficiais, especialistas alertam que existe a possibilidade de que destroços caiam sobre uma área povoada, exatamente como ocorreu em 2020 e danificou propriedades na Costa do Marfim.

Em 2021, ocorreu algo parecido. Na época, resto de um foguete do mesmo modelo também caíram sem controle na Terra. Naquela ocasião, os destroços foram vistos no Brasil, mas caíram em outro país.

O Centro de Reentrada Orbital e Estudos de Detritos (CORDS) da Corporação Aeroespacial está rastreando o caminho de reentrada do corpo do foguete desde o seu lançamento. Este gráfico gerou muitas perguntas como: “o que exatamente estou olhando?” e “estou no caminho dos escombros?”

Ícone Amarelo – localização do objeto no ponto médio da janela de reentrada
Linha Laranja – área de visibilidade no tempo previsto de reentrada para um observador terrestre – área de visibilidade potencial se a reentrada ocorreu no meio da janela
Linha Azul – incerteza do trajeto no solo antes da meio da janela de reentrada (marca em intervalos de 5 minutos)
Linha Amarela – incerteza da trilha terrestre após o meio da janela de reentrada (marca em intervalos de 5 minutos)
Linha Branca – divisor dia/noite no meio da janela de reentrada (localização do sol mostrada por Ícone Branco; iluminação mostrada no centro da janela)
Ícone Rosa – proximidade do avistamento de testemunhas oculares

Nota: Possíveis locais de reentrada encontram-se em qualquer lugar ao longo da pista de terra azul e amarela. As áreas fora da linha não são expostas aos detritos 

Para fins de comparação a ONG disponibilizou o gráfico (abaixo) da reentrada do corpo de um foguete controlado “normal”. O do foguete do exemplo é o Longa Marcha 3B (CZ-3B) que reentrou em 3 de maio de 2021. O mapa mostra a janela de previsão como um caminho contínuo. Previa-se que o corpo do foguete voltaria a entrar em qualquer lugar ao longo dos caminhos azul ou amarelo, com o ícone de satélite amarelo indicando onde ocorreu a reentrada final.

A previsão para a reentrada do corpo do foguete Longa Marcha 3B em 3 de maio de 2021 do Centro de Estudos de Detritos Orbitais e de Reentrada. Crédito: The Aerospace Corporation

A previsão para a reentrada do corpo do foguete Longa Marcha 3B em 3 de maio de 2021 do Centro de Estudos de Detritos Orbitais e de Reentrada. Crédito: The Aerospace Corporation

Na imagem (acima):

  • A linha branca e a área sombreada mostram dia e noite ao redor do globo;
  • A linha azul mostra o caminho orbital antes da reentrada, e cada marca de escala é um intervalo de cinco minutos;
  • A linha amarela é o caminho futuro previsto com marcas de escala em intervalos de cinco minutos;
  • O rótulo de texto e o ícone de satélite indicam onde o corpo do foguete finalmente voltou a entrar;
  • O círculo laranja ao redor do ponto de reentrada é a vizinhança em que a reentrada pode ser vista.

A QUEDA DO 5B

A reentrada do Long March 5B é incomum porque durante o lançamento, o primeiro estágio do foguete atingiu a velocidade orbital em vez de cair para baixo, como é prática comum. O corpo do foguete vazio está agora em uma órbita elíptica ao redor da Terra, onde está sendo arrastado para uma reentrada descontrolada.

Para objetos que ainda não entraram novamente, o ícone de satélite amarelo indica o centro da janela de reentrada prevista, a trilha azul é a primeira metade dessa janela e a trilha amarela é a segunda metade. A reentrada não é esperada fora dos caminhos.

 

Previsão de reentrada atual é 30 de julho de 2022 18:05 UTC ± 5 horas (por volta de 14h05 de MS). Crédito: The Aerospace Corporation.

O caminho de reentrada previsto mostrado (antes e depois do ícone de satélite amarelo) indica uma janela de incerteza em torno da previsão de ± 20% do tempo de previsão restante. Como exemplo, se o tempo previsto de reentrada fosse em cinco dias, a janela de incerteza seria de ± 1 dia.

DETRITOS

A propagação de detritos, conhecida como “pegada de detritos”, não é algo que os especialistas possam especular neste momento, dado o grau de incerteza restante para o ponto de reentrada. No entanto, é muito improvável que qualquer ponto longe das linhas esteja em risco de detritos.

À medida que o tempo de reentrada diminui, a incerteza também diminui, e as previsões de tempo e local se tornarão mais específicas. O gráfico abaixo mostra o estreitamento da janela de previsão ao longo do tempo para a reentrada não controlada atual Longa Marcha 5B, onde as barras vermelhas indicam o estreitamento da janela de previsão.

Este gráfico mostra o histórico de previsões ao longo do tempo para a reentrada estimada em 30 de julho de um corpo de foguete Longa Marcha 5B. Os pontos são a data e hora de reentrada prevista, e as barras verticais representam o erro nominal da reentradEste gráfico mostra o histórico de previsões ao longo do tempo para a reentrada estimada em 30 de julho de um corpo de foguete Longa Marcha 5B. Os pontos são a data e hora de reentrada prevista, e as barras verticais representam o erro nominal da reentrada estimada. A previsão se torna mais consistente e as barras de erro diminuem. Crédito: The Aerospace Corporation.

Os especialistas em CORDS atualizam o rastreamento com frequência ao longo do dia. Siga a The Aerospace Corporation no Twitter @AerospaceCorp para as últimos atualizações.