21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

VACINA | COVID-19

Vacinômetro: Dos 71.688 vacinados contra a Covid-19, somente 2 tiveram reações

Confira algumas das reações provocadas pela vacina

A- A+

Mato Grosso do Sul já vacinou 71.688 pessoas dos grupos prioritários, conforme dados do painel Vacinômetro Covid-19, referente as doses da Coronavac e Astrazeneca aplicadas no período de 18 de janeiro à 5 de fevereiro. Nesse universo de imunizados, apenas 2 pessoas apresentaram reações mais graves com a necessidade de buscar ajuda médica.

De acordo com a gerente técnica de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Ana Paula Goldfinger, os dois são profissionais de saúde e apresentaram sintomas clássicos de infecção pela Covid-19 mas não houve necessidade de internação. “Acreditamos que já estavam infectados e não foi reação adversa pós vacinação. Já as reações leves são esperadas para toda e qualquer vacina”, explica.

Para os casos leves os sintomas mais comuns registrados são cefaleia (dor de cabeça), febre, mialgia (dor muscular), diarreia, náusea e dor localizada. De 3 milhões de vacinados no Brasil – dados de 2 de fevereiro - 20 casos graves foram registrados pelo Ministério da Saúde. A relação com as vacinas ainda precisa ser confirmada.

O percentual de vacinados que integram a primeira fase do Plano Nacional de Imunização (PNI) em Mato Grosso do Sul é de 45,07%, e abrange trabalhadores da saúde (40.034), idosos asilados (1.585), deficientes em instituições (125), indígenas aldeados (26.130) e idosos com mais de 80 anos (3.814).

Os dados são da última atualização do Vacinômetro Covid-19 na tarde de sexta-feira (5) e referentes a primeira dose das vacinas Coronavac e Astrazeneca.