28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Ladário

Prefeito aguarda parecer técnico para exonerar esposa

A- A+

O prefeito de Ladário - distante 426 quilômetros de Campo Grande - José Antonio Assad e Faria, acusado de nepotismo, pelo MPE (Ministério Público Estadual) informou que já recebeu recomendação do órgão para exoneração da primeira dama, mas que aguarda parecer da equipe de Advocacia Geral do Município. 

Conforme publicação do Diário Oficial desta segunda-feira (26), o MPE recomenda ao prefeito que exonera esposa Gisele Maria Saab Assad e Faria do cargo de Secretária Especial de Políticas Públicas e Cidadania. 

De acordo com promotor titular da 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá, Luciano Bordignon Conte, responsável pela recomendação 013/2015, o prefeito tem dez dias para exonerar esposa sob pena de sofrer medidas judiciais por descumprimento da lei.

Confia íntegra da nota:

O prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria, confirma o recebimento da recomendação do Ministério Público sobre o assunto questionado pela Imprensa. De imediato, o chefe do Executivo encaminhou o assunto para a Advocacia Geral do Município para que a mesma emita parecer técnico sobre o tema. Desta forma, tão logo seja emitido o referido parecer, o prefeito tomará decisão a respeito.

Prefeitura de Ladário- Assessoria de Comunicação &Imprensa