27 de maio de 2024
Campo Grande 13ºC

NOVO GOVERNO

1º ato oficial: presidente Lula viaja para a COP27

Devido ao seu prestígido internacional, mesmo antes de ser empossado, Lula recebeu o convite das autoridades egípcias, anfitriãs da COP27

A- A+

O presidente do Brasil, Lula (PT), realiza o 1º ato oficial do seu 3º mandato no quadro da Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP27), nesta 2ª.feira (14.nov.22). Na comitiva do presidente há vários governadores de estados brasileiros da região amazônica.

“Hoje viajo ao Egito para participar da COP27. O combate às mudanças climáticas deve ser um compromisso do Estado brasileiro”, disse Lula em seu perfil no Twitter. “Trabalharemos pelo futuro do nosso país e do planeta, que é só um e de todos”, completou.

A “Conferência das Partes” (COP), é o órgão global de tomada de decisões da  Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas  (UNFCCC). Os 198 países reúnem-se todos os anos para analisar o progresso e decidir o caminho a seguir.

O petista embarcou em São Paulo por volta das 8h desta 2ª feira (14.nov). Foi a bordo de um jatinho que pertence a “Júnior da Qualicorp” – o empresário José Seripiri Junior, ex-dono da Qualicorp e dono da QSaúde. Júnior, como é conhecido, foi um dos primeiros donos de empresa a se encontrarem com Lula durante campanha eleitoral. Ambos têm uma relação próxima.

O jato cedido pelo empresário é do modelo Gulfstream G600 e tem capacidade para transportar até 12 pessoas. 

A mulher do presidente eleito, a socióloga Rosângela da Silva, conhecida como Janja, o acompanha na viagem. Também estão na comitiva:

Também participarão do evento representantes da Câmara e do Senado, incluindo o presidente da Casa Alta, Rodrigo Pacheco.

O presidente tem os seguintes compromissos na conferência:

  • 4ª feira (16.nov), 11h – participa do painel “Carta da Amazônia – uma agenda comum para a transição climática”; 17h15 – faz pronunciamento na área da ONU;
  • 5ª feira (17.nov), 10h – encontra-se com representantes da sociedade civil brasileira, no Brazil Hub; 15h – encontro no Fórum Internacional dos Povos Indígenas/Fórum dos Povos sobre Mudança Climática.

Lula volta ao Brasil no sábado (19.nov). Antes de retornar, passa por Portugal.

Lula, que governou o Brasil entre 2003 e 2010 e retoma o país em 1º de janeiro de 2023. Devido ao seu prestígido internacional, mesmo antes de ser empossado, Lula recebeu o convite das autoridades egípcias, anfitriãs da COP27, para estar no evento.  

O Presidente eleito prometeu que o Brasil "retomará o seu papel de liderança global" no combate à crise climática.