23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Anac autua Gol e Infraero por embarque irregular de cadeirante

A- A+

A Aanac (Agência Nacional de Aviação Civil) confirmou hoje que a empresa Gol Linhas Aéreas e a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), foram autuadas após o embarque irregular da cadeirante Katya Hemelrijk da Silva, na madrugada de segunda-feira (1º), no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (PR). As informações são do site do Senado Federal.

O aeroporto não possuía estrutura para fazer o embarque de Katya, que necessitava do elevador. Ela precisou se arrastar pelas escadas do avião, já que não tinha um equipamento para elevar a cadeira de rodas dela até a porta do avião.

De acordo com o gerente-geral de Ação Fiscal da Anac, Marcelo de Souza Carneiro Lima, que participou de audiência no Senado, o relatório com as conclusões sobre o caso serão entregues a ele amanhã pela equipe da agência que recebeu a denúncia. As autuações podem gerar até R$ 300 mil em multas para a empresa aérea e ao operador do aeroporto.

A presidente da CDH (Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa) do Senado, senadora Ana Rita (PT-ES), lamentou o episódio e lembrou que não é a primeira vez que o problema ocorre.

De acordo com ela, em 2011, um episódio parecido ocorreu com a deputada federal Mara Gabrilli, que esperou duas horas para conseguir desembarcar no Aeroporto Internacional de São Paulo.

Tayná Biazus