24 de julho de 2024
Campo Grande 31ºC

FORAGIDA

Mãe de assassina de aluguel foragida promete chamar a polícia caso ela volte para casa

Aimee Betro foi contratada, via deep web, por dois homens em 2019 para matar o dono de uma loja de roupas na Inglaterra

A- A+

Acusada de ter sido contratada para matar um comerciante britânico em 2019, a norte americana Aimee Betro está foragida e é alvo de uma força-tarefa internacional. Sua mãe, que vive em Stevens Point (Wisconsin - EUA), fez um apelo, aos jornais, para que sua filha se entregue às autoridades e complementou que, caso Betro apareça na sua casa, ela irá chamar a polícia.

 

Acusada de ter sido contratada para matar um comerciante britânico em 2019, a norte americana Aimee Betro está foragida e é alvo de uma força-tarefa internacional. Sua mãe, que vive em Stevens Point (Wisconsin - EUA), fez um apelo, aos jornais, para que sua filha se entregue às autoridades e complementou que, caso Betro apareça na sua casa, ela irá chamar a polícia.

 

Ela ainda reforçou pedidos para que a filha se entregue.

— Eu adoraria que ela fizesse isso porque ela vai acabar sem lugares para se esconder. Ela não tem para onde mais ir e agora que é uma caçada internacional, ela não vai poder voar para lugar nenhum.

Nos últimos dias, jornais ingleses revelaram o caso envolvendo Aimee Betro. A promotoria da Inglaterra concluiu uma investigação que aponta que a americana foi contratada em 2019, via deep web, por dois comerciantes, Mohammed Aslam, de 56 anos, e o seu filho, Mohammed Nazir, de 30, para matar Sikander Ali, dono de uma loja de roupas e que era rival dos contratantes.

O plano, porém, só não se concretizou porque a arma que ela levou para o crime falhou na hora que ela ia atirar, já na frente da casa de Ali, que chegava de carro, no subúrbio de Birmingham. Ele, então, conseguiu perceber a emboscada e fugiu.

— Ela caminhou com bastante calma na direção a Sikander Ali e apontou uma arma para ele na altura da cabeça — disse o promotor do caso, Kevin Hegarty. — Ela puxou o gatilho para disparar a arma contra ele. Felizmente, a arma travou.

 

Conversas com amiga

 

Foragida, ela conversou com uma amiga de Stevens Point nesta semana pelo Facebook, e as conversas foram reveladas pelo ."Daily Mail".

"O que você está fazendo?", perguntou a amiga.

"Nem sei por onde começar com toda a desinformação que é dita sobre mim. É um show de merda", respondeu a assassina de aluguel.

A amiga, não identificada, perguntou se havia algo que ele pudesse fazer para "ajudá-la" e disse que estava "feliz por você estar bem!"

"Não acho que você possa ajudar em nada, mas agradeço muito por ter entrado em contato", afirmou Aimee antes de encerrar a conversa com um emoji de coração vermelho.

A amiga disse que várias pessoas da sua cidade estão em contato com Aimee.

"Ela usa o telefone todos os dias, tira fotos da janela do apartamento e faz Snapchat com as pessoas o tempo todo", declarou ela, acrescentando que "se a polícia realmente quisesse pegá-la, eles já a teriam pegado", já que ela usa o telefone com muita frequência.

"Aimee não diz que não participou disso. Ela reconhece que estava envolvida e tudo mais. Ela apenas diz que alguns detalhes não estão certos", completou.