06 de maro de 2021
Campo Grande 28º 19º

Monumento recebeu iluminação especial “Outubro Rosa”

Durante o mês de outubro acontecem vários eventos destinados a conscientização do tratamento e a prevenção do câncer de mama, várias pessoas usam a cor rosa para lembrar a importância da participação de todos, assim o mês ficou conhecido com “Outubro Rosa”.

O Templo da Boa Vontade (TBV), o monumento mais visitado de Brasília/DF, segundo dados da Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), aderiu à campanha “Outubro Rosa”. A iniciativa internacional visa colorir, durante todo o mês, monumentos, prédios públicos, pontes e igrejas com a coloração rosa, para remeter à cor do laço que simboliza a luta contra a doença.

Além de receber a iluminação especial, o TBV promoverá também, todos os dias do mês de outubro, às 18 horas, uma corrente ecumênica de preces, em súplica pela saúde das pessoas e famílias que sofrem com a enfermidade.

No Brasil, as taxas de mortalidade por essa causa são muito elevadas, pois, ainda, a doença é diagnosticada em estágios avançados. Para isso, a Legião da Boa Vontade (LBV) também intensificará nas suas 79 unidades de atendimento as populações em situação de vulnerabilidade, as ações de conscientização, valorizando a vida da mulher.

Tratamento do câncer de mama
 
Os tratamentos para o câncer de mama resumem-se em clínicos e cirúrgicos. Os cirúrgicos envolvem os tratamentos conservadores, aqueles que preservam a mama como as tumorectomias, quadrantectomias e os radicais - conhecidos como mastectomias.
 
A maioria dos cânceres de mama podem “metastatizar” para a axila, portanto a avaliação axilar pode ser feita através do linfonodo axilar ou dissecção axilar quando a sentinela possui células neoplásicas. Hoje em dia, há uma modalidade conhecida como oncoplásticas, ou seja, tratamentos conservadores que usam técnicas de cirurgia plástica para o tratamento do câncer de mama.
 
Com isso obtém-se um tratamento oncologicamente eficaz e permite-se um efeito estético satisfatório para a paciente, mesmo porque este tratamento permite igualar cirurgicamente a mama contralateral. Nos casos das mastectomias é importante salientar que todas as mulheres têm o direito da reconstrução mamária.
 
O tratamento clínico envolve vários tipos de medicamentos chamados quimioterápicos e hormonioterápicos, cada qual com sua função e efeito colateral.
 
Além disso, existe a radioterapia que deve ser empregada na sequência do tratamento cirúrgico, conservador ou em casos específicos de câncer avançado.
 
De maneira geral é importante dizer que hoje, o tratamento é muito individualizado, portanto cada caso será estudado particularmente e receberá um tratamento específico. Portanto, não se assustem se alguém passar por um tratamento diferente do seu. Lembre-se: cada caso é um caso!