14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Petrobras chama Ellen Gracie para comandar investigações internas

A- A+

A ex-ministra do STF, Ellen Gracie, foi indicada pela Petrobras para integrar o comitê de investigações internas. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, Gracie estará acompanhada do jurista alemão Andreas Pohlmann, responsável pela área de controle interno da Siemens após denúncia de pagamentos de propinas a governos.

A ideia do Conselho de Administração da estatal, que aprovou a criação do comitê na terça-feira, é ajudar a empresa a recuperar sua credibilidade no mercado, abalada pelas denúncias de esquema de propinas em obras da petrolífera, reveladas pela Operação Lava Jato da Polícia Federal.

Além de Gracie e Pohlmann, um terceiro nome - ainda não definido - deve assumir a diretoria de Governança Corporativa da companhia. O trio intermediará as conversas e atuará nas ações propostas pelos escritórios de advocacia Trench, Rossi e Watanabe (do Brasil) e do Gibson, Dunn & Crutcher (dos Estados Unidos), que avaliam o tamanho e os efeitos dos superfaturamentos na Petrobras.

Esta não é a primeira ‘aventura’ de Gracie no mundo corporativo desde sua saída do STF, em 2011. Ela atuou no conselho de administração da OGX de Eike Batista, e foi denunciada ao lado de outros membros do grupo, de manipulação de mercado ao não informa que o empresário negou-se a injetar US$ 1 bilhão na empresa, como havia prometido.

 Terra