25 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

INTERNACIONAL

Polícia apreende 3,2 tonelas de cocaína flutuano no mar

Carga avaliada em R$ 1,6 bilhão daria para abastecer o país por 30 anos

A- A+

As autoridades da Nova Zelândia deram um golpe significativo na operação escoamento de cocaína no Oceano Pacífico. Os policiais acharam 3,2 toneladas da droga flutuando no mar -- são 81 fardos da doga, errolados a uma rede de pesca. A carga está avaliada em R$ 1,6 bilhão.  

Conforme a autoridade neozelandesa, os fardos farão uma viagem de seis dias de volta à Nova Zelândia a bordo do navio HMNZS Manawanui da Marinha Real da Nova Zelândia, onde agora serão destruídos.

O chefe da polícia da Nova Zelândia, Andrew Coster, disse que é a maior descoberta de drogas ilícitas já feita pelos serviços da Nova Zelândia.

Oitenta e uma fianças foram levadas para Auckland a bordo do HMNZS Manawanui. Foto / NZDFOitenta e uma fianças foram levadas para Auckland a bordo do HMNZS Manawanui. Foto / NZDF

As autoridades acreditam que a cocaína, presa a uma rede e coberta com rolhas amarelas, foi colocada em um “ponto de trânsito flutuante” no oceano Pacífico, de onde os traficantes deveriam tê-la recuperado a caminho da Austrália.

“Pensamos que [a droga] estivesse destinada à Austrália, onde seria suficiente para alimentar o mercado por um ano”, explicou o comissário de polícia. “É mais do que a Nova Zelândia usaria em trinta anos”, acrescentou.

Um navio da Marinha interceptou os pacotes, que estavam à deriva centenas de quilômetros a noroeste da Nova Zelândia, graças a informações da aliança “Five Eyes”. Essa rede de colaboração de inteligência inclui Austrália, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Nova Zelândia.

As autoridades acreditam que o carregamento de 3,2 toneladas tinha como destino a Austrália. Foto / Polícia da Nova ZelândiaAs autoridades acreditam que o carregamento de 3,2 toneladas tinha como destino a Austrália. Foto: Polícia da Nova Zelândia

Alguns dos fardos tinham um símbolo do Batman, e os pacotes de cocaína dentro estavam rotulados com o que parecia ser uma impressão de trevo de quatro folhas.

Cocaína recuperada do Oceano Pacífico tinha 'logos' diferentes, uma delas lembra um trevo de 4 folhas. Foto / Polícia da Nova ZelândiaCocaína recuperada do Oceano Pacífico tinha 'logos' diferentes, uma delas lembra um trevo de 4 folhas. Foto: Polícia da Nova Zelândia

“Não há dúvida de que esta descoberta representa um grande golpe financeiro para os produtores sul-americanos e distribuidores deste produto”, disse Coster, chamando a apreensão de um “resultado importante” para os serviços policiais da Nova Zelândia e da Austrália.

No entanto, as autoridades afirmaram que é muito cedo para determinar o local de origem da droga.

O comandante das Forças Conjuntas da Força de Defesa da Nova Zelândia, contra-almirante Jim Gilmour, disse que a Força de Defesa teve o prazer de ajudar as agências governamentais na importante missão.“Tínhamos as pessoas certas e os recursos certos para fornecer o suporte necessário e foi ótimo trabalhar ao lado da Polícia da Nova Zelândia e do Serviço de Alfândega da Nova Zelândia”.

“Ficamos muito satisfeitos com o resultado e felizes por fazer parte desta operação bem-sucedida e orgulhosos de fazer nossa parte na proteção da Nova Zelândia", acrescentou.