22 de maio de 2024
Campo Grande 28ºC

RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Presidente Lula participa do Fórum Empresarial Portugal-Brasil

Evento na cidade de Matosinhos reúne cerca de 200 empresários dos dois países

A- A+

O presidente do Brasil Lula (PT), participa nesta 2ª.feira (24.abr.23), do Fórum Empresarial Portugal-Brasil: Parcerias para a Inovação. O evento tem início a partir das 10h (horário local) em Matosinhos, na região do Porto, em Portugal.

Lula será recebido pelo primeiro-ministro português, António Costa. Também estarão presentes a ministra de Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, e o presidente da Embraer, Francisco Gomes Neto. As atividades vão reunir cerca de 200 de empresários, metade deles de cada um dos países, que estarão reunidos em seminário empresarial, rodadas de networking e visitas técnicas.

No sábado (22.abr), após reunir-se com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo, em Lisboa, o presidente Lula deu o tom da importância que uma maior aproximação entre empresários brasileiros e portugueses tem para o fortalecimento das relações comerciais das duas nações.

“Temos um potencial extraordinário para dobrar o fluxo de comércio exterior entre nossos países. Podemos ser mais ousados. Permitir que nossos empresários e ministros conversem mais. Discutam mais em busca de perspectivas de futuro no financiamento de nossas indústrias e produtos. O papel de um governante é abrir as portas, mas quem sabe fazer negócio e tem competência para isso são os empresários”, afirmou Lula.

Realizado no Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEiiA), o Fórum terá a participação da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), coorganizadora do evento. Na abertura, o presidente da Apex, Jorge Viana, deixará uma mensagem aos participantes, que representam setores ligados à inovação em áreas como transição energética, saúde, mobilidade, além de startups. Haverá a assinatura de um Memorando de Entendimento entre a Apex e a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

O seminário, composto por quatro painéis ligados a esses campos, abordará as possibilidades de atração de investimentos bilaterais e debaterá os potenciais a serem explorados pelos dois países. Após o seminário, os cerca de 200 empresários integrarão rodadas de networking em uma programação que ainda terá visitas técnicas a centros de desenvolvimento tecnológico e a uma empresa do país anfitrião ligada à área de mobilidade para cidades inteligentes.

KC-390

A presença da Embraer no Fórum é um dos destaques do Brasil. O projeto do avião KC-390 da Embraer, que acabou incorporado à Força Aérea Portuguesa, contou com a contribuição do Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEiiA), o que representou um novo paradigma entre os dois países no campo da cooperação empresarial.

Os investimentos realizados pela Embraer em Portugal, na OGMA (Indústria Aeronáutica de Portugal) e em duas fábricas no Parque Industrial de Évora, alcançam US$ 500 milhões, tendo gerado por volta de 2.500 empregos diretos e sete mil empregos indiretos, além da cooperação tecnológica em uma área estratégica. Um contrato entre a Embraer e o governo português prevê a entrega de cinco aeronaves KC-390 à Força Aérea Portuguesa. Uma por ano, a partir de 2023, pelo montante de 872 milhões de euros.

Neste Fórum, representantes da Embraer apresentarão algumas de suas inovações urbanas, como o projeto do veículo voador, além do compromisso da empresa com a descarbonização e a transição energética e a promoção de temas como a mobilidade urbana e regional.

Já na área da saúde, o Fórum terá a participação da Fiocruz, que teve a cooperação estreitada com instituições portuguesas durante a pandemia e assinou novos acordos de cooperação neste sábado, durante a Cimeira Brasil — Portugal, que resultou num total de 13 instrumentos de cooperação. Já o Banco do Brasil, que também integra o evento, destacará investimentos em novas fontes de energia, com destaque para energia eólica e o hidrogênio verde, dois campos com enorme potencial brasileiro.