22 de junho de 2024
Campo Grande 25ºC

CCR MSVia realiza obra no Anel Viário de Campo Grande durante 11 dias

A- A+

A partir da próxima semana, entre os dias 7 e 18 de dezembro, a CCR MSVia realizará intervenções no pavimento da BR-163/MS no trecho Norte do Anel Viário de Campo Grande (saída para Cuiabá). As obras acontecerão entre os kms e 495 e 487 (do centro industrial localizado antes do Shopping Bosque dos Ypês até o semáforo da Uniderp-Agrárias).

Durante o período será implantada a Operação Pare e Siga, quando uma das faixas de tráfego fica interditada enquanto a passagem dos veículos se dá pela outra faixa, alternadamente, intercalando o fluxo nos dois sentidos. As obras serão realizadas apenas durante o dia.

Em função das interdições parciais, é possível que esses locais apresentem congestionamentos.

Segundo Keller Rodrigues, Gestor de Interação com o Cliente da CCR MSVia, as obras são necessárias para a melhoria das condições de segurança e fluidez do tráfego na região.

“Como estamos nos aproximando do período de festas, entendemos que haverá um volume maior de veículos de passeio trafegando naquele segmento, especialmente na aproximação da rotatória do Shopping Bosque dos Ypês”, ressalta o engenheiro. “Desta forma, sugerimos aos motoristas dos veículos de passeio que evitem trafegar pela BR-163/MS no trecho entre a Uniderp-Agrárias e o Shopping Bosque dos Ypês, buscando alternativas por dentro da cidade”.

A CCR MSVia instalará a sinalização especial no trecho, incluindo Painéis Eletrônicos de Mensagens Variáveis, para alertar aos motoristas. A empresa solicita aos usuários para que redobrem a atenção e reduzam a velocidade na aproximação dos trechos em obras, respeitando a sinalização.

Trabalhos Iniciais

A recuperação do pavimento do Anel Viário está inserida na fase de Trabalhos Iniciais definida pelo Contrato de Concessão, com previsão para acontecerem até abril de 2015 ao longo de toda a BR-163/MS.

Esses trabalhos envolvem, além da recuperação do pavimento, capina e roçada de toda a extensão da faixa de domínio da BR-163/MS, limpeza de drenagens e bueiros e tapa-buracos.

Atualmente, essa ação das empresas contratadas pela CCR MSVia envolve 17 frentes de trabalho ao longo dos 845,2 quilômetros da rodovia, mobilizando cerca de 200 trabalhadores.

Redação