01 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 19º

Contratos de publicidades com governo de MS são alvos de investigação do MPE

A- A+

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou Inquérito Civil nº 06.2015.00000238-9 para apuar eventuais irregularidades em movimentações financeiras de pessoas físicas e jurídicas, supostamente envolvidas em desvios de recursos públicos no Estado de Mato Grosso do Sul.  A informação consta na publicação do Diário Oficial do MPE desta quinta-feira (3).

De acordo com publicação, são alvos de investigação do MPE Giovane Favieri e Armando Peralta Barbosa. Ambos são publicitários, e administravam, na Capital, a produtora VBC, que prestou serviços ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul nas administrações de Pedro Pedrossian, Wilson Barbosa Martins e Zeca do PT.

 Conforme matéria veiculada pela Agência Estado no dia 17 de junho de 2011,   Giovane Favieri foi acusado de participar de um suposto desvio de R$ 30 milhões do governo do Estado no governo Zeca do PT, à época proprietário da Rentalcine, a empresa que venceu a licitação na Assembleia paulista, em setembro de 2010.

Segundo Agência Estado, Rentalcine participou da licitação com outras duas empresas, Luaxe e América. Esta última presta serviços para a TV Alesp desde 2009. Segundo Agência Estado dão, Favieri seria dono da empresa América.

À época, a matéria ainda constatou que o representante legal da América é Claudinei Eufrásio Barbosa, que foi diretor financeiro da agência de publicidade de Favieri acusada de participar do desvio milionário em Mato Grosso do Sul. Segundo os promotores, a agência intermediava a venda de notas fiscais de serviços superfaturados ou que não eram sequer executados.