24 de junho de 2024
Campo Grande 22ºC

Entrega de casas é adiada devido a vinda do ministro das Cidades

A- A+

A entrega de 313 casas dos residenciais Ari Abussafi e Gregório Corrêa que seria assinada pelo prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP) amanhã, foi transferida para a próxima sexta-feira, devido à presença do ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi, que confirmou presença no evento, que será realizado às 10h.

O evento conta também com a presença do governador André Puccinelli (PMDB). Nos dois residenciais serão reassentadas famílias cadastradas em 2009, que já residiam em condições precárias nas favelas Portelinha, Montevidéu, Marques de Herval e Morada Verde.

Todas as favelas estão situadas na região norte da cidade em áreas púbicas, reservadas a abertura de ruas, equipamentos públicos ou áreas públicas reivindicadas na Justiça pelos proprietários. Os beneficiários já assinaram os contratos com a caixa econômica federal e com as concessionárias para as ligações de água e energia elétrica.

De acordo com a prefeitura, não haverá cobrança de prestação. Até o dia 9 de novembro, as famílias trocam os barracos para casas de alvenaria de 42 metros quadrados, com acabamento, aquecedor solar, construídas num conjunto habitacional com toda infraestrutura (água, luz, asfalto, drenagem).

Dany Nascimento