18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Esteticistas participam de sessão para cobrar regulamentação da classe

Na manhã desta quinta-feira (3), profissionais de estética estiveram presente na Câmara Municipal de Campo Grande para reivindicar a fiscalização da atividade, pois existem pessoas exercendo a profissão sem curso superior.

Segundo Gabriela Franco esteticista, profissionais estão sendo prejudicados já que não existe um conselho e nem controle de quem pode ou não trabalhar na área “ a nosso briga é por que a lei 5.16628 de dezembro de 2012, reconhece como profissão esteticista pessoas que cursaram o ensino médio, pois hoje todas as pessoas poderiam trabalhar na estética e nos estamos brigando para que essa lei municipal vire uma lei estadual, a partir do momento que ela for cumprida teremos respaldo para ter fiscalização das atividades, cria-se conselhos, fiscalização, controle de qualidade pois acaba "prostituindo" a profissão. 

Gabriela ainda ressalta que vai lutar até a lei se tornar federal e a profissão seja reconhecida somente com ensino superior “Isso desmerece o profissional,  queremos chegar à esfera estadual e depois federal para regulamentar a profissão para ensino superior. Hoje qualquer pessoa pode fazer estética, não queremos isso e acabam cobrando barato e cliente vai pelo preço, não pelos riscos, viemos aqui exigir apoio do legislativo" conclui Gabriela.