25 de maio de 2024
Campo Grande 13ºC

SEM PAGAMENTOS

Greve: motoristas do transporte coletivo ameaçam parar em Campo Grande

Sindicalista diz que todas as linhas devem aderir a greve

A- A+

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo e Urbano de Campo Grande (STTCU-CG) diz que categoria pode cruzar os braços no próximo sábado (10.dez.22), caso  o pagamento dos salários não seja feito. 

"Com certeza paramos no sábado", afirmou  Demétrio Freitas nesta 3ª.feira (6.dez.22). 

A falta de pagamento dos motoristas gera mais uma vez ‘drama’para o Executivo Municipal. Desta vez, os funcionários foram informados na manhã desta 3ª.feira (6.dez.22), que o Consórcio Guaicurus não tem dinheiro para quitar o salário dos trabalhadores.

“Amanhã estaremos convocando uma assembleia, para sexta-feira, definir a respeito dessa greve. Caso o pagamento não seja feito, com certeza paramos no sábado”, afirmou demétrios ao site JD1.

O sindicalista disse que todas as linhas devem aderir a greve, assim como o pessoal de outros setores.

O diretor do Consórcio Guaicurus, João Resende, informou aos seus funcionários aguarda uma posição da prefeitura municipal, para um apoio na quitação da folha de pagamento. Por conta disso, o grupo acaba ficando sem data para fazer uma negociação justa com seus funcionários.