27 de fevereiro de 2024
Campo Grande 34ºC

CAPITAL

Prefeitura da posse a novos membros do Conselho da Pessoa com Deficiência

A- A+

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU), deu posse a 16 conselheiros do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Compd), para a 12º gestão, para o mandato de dois anos.

A posse aconteceu na manhã desta quarta-feira (6), no Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (IMPCG).

Durante o evento, o procurador-geral do Município, Alexandre Ávalo, que no ato representou a prefeita Adriane Lopes, e empossou os conselheiros, destacou o papel dos representantes nas ações da administração municipal e implementação de políticas públicas.

"Esse trabalho de fiscalização e colaboração, é fundamental para que a gente avance na pauta de acessibilidade e seja certeiro nas necessidades e demandas da população. Quando vocês se dispõem a esse trabalho, estão representando um coletivo que será ouvido", pontuou.

Andrea Bianco, empossada conselheira ressaltou o trabalho desenvolvido pelo grupo. "Nesse último ano nós tivemos dois avanços importantes que foi refazer o regimento interno, que passou a ser deliberativo e a conferencia municipal em defesa das direções da pessoa com deficiência e esse ano vamos continuar lutando para que as pautas que estão no papel, sejam reais, vigentes e acessíveis a todos".

"Nós estamos aqui para lutar e correr atrás para que os direitos da pessoa com deficiência seja assegurado", também pontuou o coordenador da Coordenadoria de Apoio à Pessoa com Deficiência, Joel Faustino.

Para a subsecretária da SDHU, Thais Helena, é fundamental a participação da sociedade civil junto com o poder público para avançar nas ações dos direitos humanos. "Essa parceria é muito importante para a garantia dos direitos e implantação das condições necessárias. Nós só avançamos quando a sociedade e o poder público travam juntos essa luta".

O Compd foi instituído pela lei. n. 3.3575, de 26 de novembro de 1998 e regulamentado pelo Decreto Municipal n.7.112, de 04 de maio de 1995, é um órgão consultivo e de assessoramento à Prefeitura Municipal de Campo Grande e tem por finalidade viabilizar a política de prevenção, atendimento e a integração social da pessoa com deficiência, observando a representatividade da administração pública, dos prestadores de serviços e da sociedade civil organizada.

Fonte: Prefeitura de Campo Grande - MS