07 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

URBANISMO TÁTICO

Projeto final da José Antônio começará no primeiro semestre de 2021

Equipes da Sisep desmontaram hoje (19.jan) a estrutura reversível, de materiais leves e mudas, no centro da cidade

Fase de testes do urbanismo tático, que prepara a rua José Antônio para tornar-se novo corredor gastronômico da cidade, foi encerrada hoje e equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep) começaram a desmontar a estrutura no centro da cidade. Com o fim dessa etapa, o próximo passo, previsto para começar neste primeiro semestre de 2021, é a análise do que pode ser incorporado ao projeto final.  

Segundo informações da Agência Municipal de Notícias, essa proposta conta com o financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além do apoio de várias secretarias municipais; empresários e da população residente no entorno do corredor gastronômico.

Nessa etapa finalizada hoje, que durou pouco mais do que 30 dias, foram feitos teste nos pontos de intervenção, que receberam equipamentos de ginástica; amarelinha e bolsões de convivência; pintura para alargamento das calçadas e parklets, os dois últimos que foram já destacados pelos empresários como muito positivos.

Na ação foram usados materiais leves, de baixo custo e reversíveis. Essa metodologia do Urbanismo Tático teve o objetivo de testar soluções técnicas, para possibilitar o convívio em espaços públicos durante a pandemia do coronavírus. Além de intervenções temporárias, a via recebeu melhorias na iluminação, poda de árvores e reparos de parte das calçadas.

É previsto ainda, no projeto final da revitalização, o paisagismo; instalação de mobiliário urbano; pavimentação e padronização de calçadas. “Com o projeto de Urbanismo Tático, pudemos ter a ideia de equipamentos que podem melhorar a qualidade de vida do cidadão, que é o que buscamos através do Reviva Mais Campo Grande”, pontua Juliana Casadei, a consultora socioambiental do Reviva. 

Lizandra Adriana da Silva é proprietária do restaurante Mineiro Delivery, ressaltou os efeitos positivos gerados pela ação. “Uma cidade colorida está oferecendo muito mais para sua população. Também destaco as plantas, que trouxeram mais vida. O bacana é que, muitas vezes as pessoas vinham perguntar sobre o projeto, conhecer de perto, e isso acabou até aumentando o meu volume de vendas”, finaliza.