27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Bancários analisam nova proposta de reajuste salarial e greve continua

Após ser rejeitada nesta quinta-feira (22) a proposta de reajuste salarial de 8,75%, sem abono, feita pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), nova rodada de negociação segue durante tarde desta sexta-feira (23). 

De acordo com Neide Maria Rodrigues, secretária geral do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e região, a proposta que deverá sem encaminhada à assembleia, é o reajuste de 10% para os salários e PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e 14% para os vales.

Proposta é inferior à reivindicação inicial dos bancários, que previa aumento de 16% (aumento real de 5,6%), piso salarial R$ 3.299,66 e PLR de três salários-base, mais parcela adicional fixa de R$ 7.246,82.

Segundo a Fenaban, foi rompida a resistência dos bancos, que tinham por objetivo reajuste abaixo da inflação.