14 de junho de 2024
Campo Grande 31ºC

Tarifa de água custará em média R$ 6,60 a mais a partir de janeiro

A- A+

A tarifa de água e esgoto  cobrada pela Águas Guariroba em Campo Grande será reajustada em 6,26% a partir de 3 de janeiro de 2015. Do total de usuários, 52% consomem até 10 m³ e pagam a tarifa mínima pelo serviço. Esses clientes, que hoje pagam R$ 30,20 por dez mil litros de água tratada, passarão a pagar R$ 34,11, ou seja, R$ 3,90 a mais. A tarifa mínima pelo serviço de coleta e tratamento de esgoto, atualmente disponível para 75% da população, passará de R$ 21,10 para R$ 23,80 – um aumento de R$ 2,70. O aumento total da tarifa corresponde a R$ 6,60 ao mês.

O reajuste foi autorizado pela Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados que fez um estudo técnico sobre a evolução dos custos da concessionária. A nova estrutura tarifária  foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial do município. A data está prevista no contrato de concessão. A revisão e o reajuste incidem também sobre a tabela de serviços e de irregularidades praticada pela empresa.

 A Águas Guariroba pleiteou um aumento maior, de 7,11%, mas a Agereg optou pelo percentual menor que corresponde a variação anual do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado no período de 12 meses (outubro de 2013/2014),  estabelecido no contrato de concessão.

A agência reguladora levou em conta o aumento da energia elétrica, que é um dos principais insumos da produção e distribuição de água potável, coleta e tratamento de esgoto, mas também a antecipação da meta de investimento com implantação de 141 mil metros de rede coletora e construção de uma nova estação de tratamento de esgoto  na região do Imbirussu, que irá atender a 33 bairros.

A Águas Guariroba também está antecipando recursos de mais de R$ 100 milhões para viabilizar as obras de pavimentação asfáltica do PAC II (Programa de Aceleração dos Crescimento). O trabalho está em andamento nos bairros: Mata do  Jacinto, Seminário, Atlântico Sul, Alto São Francisco e Bellinate. Este ano, nos locais beneficiados com o asfalto, a rede de esgoto já foi concluída nos bairros Sírio Libanes e Portal do Panamá. Na 2° Etapa do PAC, que está prevista para 2016, estão incluídos Vila Nasser, Anache, José Taveres, Nova Lima e Nova Campo Grande.

Em 2014, as obras de implantação do serviço de esgoto foram concluídas no Jardim dos Estados Jardim dos Estados, TV Morena, Chácara Cachoeira, São Lourenço, São Francisco, Pioneiros e parte da Coophavilla. O trabalho está em andamento nas regiões do União e Leblon. Para 2015, estão previstas obras de esgoto no Amambai, Planalto, Cruzeiro, Cabreuva, Jardim  América, Taquarussu, Bandeirantes, Carlota, Piratininga, União, Carandá Bosque, Coronel .

Além da avaliação  da  Agência Reguladora para definição do índice de reajuste,  levou-se  em conta também um estudo encomendado a técnicos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul  apresentado no último dia 25 de novembro. Em nova reunião, na última segunda-feira,  dia 02/12 o Conselho de Regulação referendou a revisão em 6,26%.

Heloísa Lazarini