25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Termina no dia 16 o recadastramento dos Beneficiários do Bolsa Família

A- A+

Os beneficiários do PBF (Programa Bolsa Família), devem fazer recadastramento até o dia 16 de janeiro, pois poderão ter seus benefícios cancelados caso não façam a atualização do  cadastro.  Após este prazo, quem não se recadastrar, terá o benefício bloqueado. Cerca de 3.040 famílias precisam fazer o recadastramento. A revisão cadastral, necessária a cada dois anos, é realizada na SAS (Secretária Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania) ou nos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social). A atualização de dados deve ser realizada somente pelo responsável da família, apresentando obrigatoriamente os documentos pessoais, como RG, CPF ou Titulo de Eleitor. Também é necessário levar documentos dos demais membros da família. A primeira etapa para atualização foi iniciada no dia 12 de dezembro de 2014. Já a segunda, começou no dia 05 de janeiro. Caso perca o recadastramento, o usuário terá que realizar uma nova atualização e o cancelamento ocorrerá no início de março.

Segundo  Sueli Viçoso, responsável pelo Programa Bolsa Família na SAS, as equipes técnicas dos CRAS estão realizando visitas, convidando as famílias para comparecerem aos centros ou na secretaria, para efetivar a devida atualização. “Estamos convocando as famílias que estejam dentro do perfil do Programa Bolsa Família para que não tenham seus benefícios cancelados. Fizemos uma parceria com a Sesau (Secretaria Municipal da Saúde).  O objetivo é que os agentes comunitários de saúde também contatem as famílias, orientando-as a procurarem os CRAS e a SAS, para realizar a atualização”, esclarece Sueli. Sobre o programa

O Programa Bolsa Família, criado pelo governo federal  é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, integrando o Plano Brasil Sem Miséria, que tem como foco de atuação os milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 77 mensais e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos.

O projeto possui três eixos principais: a transferência de renda promove o alívio imediato da pobreza; as condicionalidades reforçam o acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social; e as ações e programas complementares objetivam o desenvolvimento das famílias, de modo que os beneficiários consigam superar a situação de vulnerabilidade.

Todos os meses, o governo federal deposita uma quantia para as famílias que fazem parte do programa. O saque é feito com cartão magnético, emitido preferencialmente em nome da mulher. O valor repassado depende do tamanho da família, da idade dos seus membros e da sua renda. Há benefícios específicos para famílias com crianças, jovens até 17 anos, gestantes e mães que amamentam. As famílias são selecionadas  com base nas informações registradas pelo município no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, instrumento de coleta e gestão de dados que tem como objetivo identificar todas as famílias de baixa renda existentes no Brasil. O MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas para receber o benefício. No entanto, o cadastramento não implica a entrada imediata das famílias no programa e o recebimento do benefício.

Serviço A SAS situa-se na rua dos Barbosas, 321, bairro Amambaí. Mais informações, segue a lista com os telefones dos CRAS: CRAS Aero Rancho – 3314-6354 CRAS Los Angeles – 3314-5030 CRAS São Conrado – 3314-6357 CRAS Novos Estados – 3314-8281 CRAS Canguru – 3314-5069 CRAS Tiradentes – 3314-3383 CRAS Dom Antônio – 3314-6396 CRAS Vida Nova – 3314-8300 CRAS Estrela Dalva – 3314-8302 CRAS Vila Nasser – 3314-7407 CRAS Guanandi – 3314-6372 CRAS Moreninha II- 3314- 9032 CRAS Aeroporto – 3314-7474 CRAS Indubrasil – 3314-7483 CRAS Moema – 3388-3918 CRAS Popular – 3314-7478 CRAS Nossa Senhora Aparecida – 3314-3208 CRAS Vila Gaúcha – 3373-4371 CRAS Zé Pereira – 3314-7409

Leide Laura Meneses