27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Além de PT, PMDB também tentará conquistar vereador Chocolate

O vereador Chocolate, expulso do PP, só fica sem partido se quiser. Além do vereador Alex do PT que já sinalizou interesse em ter o ex-progressista ao seu lado no Partido dos Trabalhadores, Paulo Siufi (PMDB) declarou que também está interessado no parlamentar.

“Chocolate é um grande quadro, menino sério, correto. É um bom vereador, de bom caráter. Não digo cooptá-lo para fazer oposição (ao prefeito Alcides Bernal, PP), mas o PMDB é um partido de grandes quadros, de gente boa”, declarou.

Segundo Siufi, o PMDB pode oferecer visibilidade e futuro para a carreira política de Chocolate, principalmente por ser representado pelo governador do Estado, André Puccinelli, e pelo vice-presidente da república, Michel Temer.

"Eu mesmo vou fazer convite. Se a nossa presidente municipal do partido (vereadora Carla Stephanini) ainda não fez o convite, eu vou ligar agora mesmo e fazer. As portas estão abertas para ele", enfatizou.

Chocolate foi expulso do PP em dezembro do ano passado pelo conselho de ética do partido, após pedido feito pelo presidente municipal do partido progressista, vereador Cazuza. Ele foi acusado de desobedecer uma ordem do partido ao votar a favor da abertura da comissão processante que investigou possíveis irregularidades na administração de Bernal. O vereador ainda pode recorrer da decisão na executiva nacional.

Diana Christie