19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Propina da Angola

Após denúncia de Cerveró, PSDB aciona Justiça e pede extinção do PT

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) protocolou na quarta-feira (20) na Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) representação contra Partido dos Trabalhadores em que pede investigação das denúncias do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, e posterior extinção da legenda.

A base do pedido tucano são informações fornecidas por Cerveró, em depoimento preliminar de acordo para delação premiada, que tratam do recebimento de propina pelo PT de empresa angolana. O dinheiro, R$ 50 milhões, teria sido usado na campanha à reeleição do presidente Lula em 2006.

Cerveró disse à Polícia Federal que a Petrobras comprou blocos de exploração de petróleo da empresa Sonangol por U$ 300 milhões e que parte desse valor retoronou ao Brasil como propina para campanha de Lula. O ex-diretor da Petrobras alegou ter ouvido informação do então presidente do conselho da empresa. 

Diante da denúncia, o PSDB pede investigação da informação e se for comprovado recebimento de propina solicita extinção do PT com base na Constituição Federal de 1988 que proíbe uso de dinheiro oriundo do exterior para financiamento de campanha eleitoral e punição aplicada é extinção da legenda.