25 de junho de 2024
Campo Grande 29ºC

Após eleição, Puccinelli está em alta e possui 75,66% de aprovação

A- A+

Pesquisa realizada pelo Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul), entre os dias 06 e 07 de novembro, mostra que a popularidade do governador André Puccinelli (PMDB) aumentou após a campanha eleitoral e bateu recorde ao atingir 75,66% neste mês em Campo Grande.

Puccinelli, que sempre desfrutou de ampla aprovação, encerra seu segundo mandato como governador do Estado, com índices de aprovação acima da média nacional inclusive. Em setembro deste ano, segundo pesquisa do Ibope, dos 27 governadores do Brasil em 2014, Puccinelli foi o mais bem colocado na preferência da população. A pesquisa foi elaborada pelo instituto a pedido do Estadão Dados. André Puccinelli estava no topo da lista e aparecia 58% de aprovação.

Primeiro colocado de 2014, a gestão do governador do Estado, André Puccinelli é considerada por 58% da população como ótima e boa. Nas eleições de 2010, André aparecia na quinta posição.

Já em relação ao crescimento de aprovação do governo de Puccinelli após eleição, é notável que o desempenho individual do governador enquanto gestor foi reconhecido pelos sul-mato-grossenses mesmo durante um período eleitoral em que naturalmente os candidatos tendem a apontar defeitos da administração atual.  Para Lauredi Sandim, do Ipems, a campanha eleitoral, quando a administração foi colocada a prova, não desgastou André, pelo contrário.

Esses números reforçam a tese dos peemedebistas de que Puccinelli não pode abandonar a vida pública. Depois de abrir mão da vaga no Senado em nome de sua afilhada política Simone Tebet, eleita senadora com mais de 600  mil votos, André agora tem sido sondado, e de certa forma até pressionado para disputar a prefeitura da capital em 2016.

Esta pesquisa realizada em Campo Grande, nos dias 06 e 07 de novembro deste ano, ouviu 400 entrevistados e tem um índice de confiança de 95%, com a margem de erro de 4,90% para mais ou para menos.

Heloísa Lazarini