17 de abril de 2024
Campo Grande 22ºC

ROTA BIOCEÂNICA

Após pedido de Zeca, Receita autoriza circulação de materiais usados na construção da ponte

A- A+

Após articulação liderada pelo deputado estadual Zeca do PT, a Receita Federal publicou Ato Declaratório Executivo que autoriza a entrada e saída de bens na margem brasileira do rio Paraguai que servirão de apoio ao canteiro de obras da ponte que ligará Porto Murtinho/BR a Carmelo Peralta/PY, consolidando a Rota Bioceânica. As obras do empreendimento no lado brasileiro estavam paralisadas há aproximadamente três meses e, agora, com a publicação do ato no Diário Oficial da União, poderão ser retomadas.

Conforme o ato assinado pelo delegado Daniel Cesar Benites, da Alfândega da Receita Federal em Ponta Porã, que é a responsável pela realização dos serviços aduaneiros na fronteira de Porto Murtinho, a autorização para entrada e saída dos materiais que serão utilizados na construção da ponte sobre o rio Paraguai tem vigência até 30 de novembro de 2025, que é o prazo estipulado para conclusão da obra.

Zeca do PT, que é coordenador da Frente Parlamentar para Acompanhamento da Implantação da Rota Bioceânica na Casa de Leis, celebrou o desfecho positivo do imbróglio tributário que havia interrompido os trabalhos no lado brasileiro da ponte. 

"Com a publicação desse Ato Declaratório da Receita Federal, as obras podem ser retomadas, permitindo que o prazo de conclusão da ponte sobre o rio Paraguai não seja comprometido. É uma conquista importante dessa articulação promovida pela Assembleia Legislativa a partir do requerimento que apresentei", declarou Zeca.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Gerson Claro, também comemorou o desfecho da articulação. “Por ocasião da força da Assembleia e dos trabalhos dos deputados estaduais, obtivemos esse despacho da Receita Federal,Parabéns a Casa de Leis e as obras do lado brasileiro serão retomadas. Isso sim representa trabalho de resultado para Mato Grosso do Sul e o Brasil”, destacou Gerson.

Zeca tem agendas em Brasília (DF) na semana que vem, onde representará a Casa de Leis na apresentação de mais demandas relacionadas à implantação da Rota Bioceânica.