23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Após vinda de Lula ao Estado, Delcídio avalia virada na disputa eleitoral

A- A+

Após atos políticos nos bairros Nova Lima e Aero Rancho com a presença do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, o candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Delcídio do Amaral (PT) afirmou que no caminho do Aero Rancho para o Aeroporto Internacional de Campo Grande, o Lula entrou em contato um instituto de pesquisa de confiança para saber qual a amostragem no Estado e segundo o senador os resultados são positivos.

“Essa última semana foi decisiva e foi de virada. A população entendeu a diferença entre os dois governos do PT e PSDB. Um que vai trabalhar somente para os interesses da elite da economia e outro que vai trabalhar para o desenvolvimento social”, afirma Delcídio do Amaral.

Segundo Delcídio, o instituto de credibilidade e confiança no qual Lula ligou já mostra uma vantagem entre os candidatos à presidência da república Dilma Rousseff (PT) sobre Aécio Neves (PSDB) e em Mato Grosso do Sul do Delcídio do Aral (PT) sobre Reinaldo Azambuja (PSDB). O senador não quis falar de números, mas afirma passar dos 50% já atingidos aqui no Estado.

O candidato aproveitou a oportunidade para criticar a campanha de Reinaldo Azambuja. Segundo ele, seu adversário utilizou de uma campanha inteiramente hipócrita, pois utilizava dos meios de comunicação que apoiam tucanos para atacar a imagem dos petistas.

Questionado sobre o que representa a vinda do Lula ao Estado faltando apenas quatro dias para a decisão do segundo turno das eleições e dois para que se encerrem as campanhas políticas nas ruas, Delcídio afirma ser decisivo. Segundo ele, Lula foi para os bairros hoje mostrar para a população, por meio da carrinhada e dos comícios, o que o PT já fez para o Brasil nos governos Lula e Dilma, pois de acordo com o petista a partir do momento que a população realmente enxergar isso a decisão da maioria no domingo será o PT.

“Acredito que viro as eleições, pois o Mato Grosso do Sul não e mais um Estado ruralista. A economia do Estado não mais voltado somente para a área rural, pois hoje a sociedade é mais segmentada. Acho que toda essa abrangência consegue se ver representado no PT  e não no PSDB, pois Reinaldo Azambuja é fazendeiro e ele representa uma sociedade conservadora o que não é mais a realidade do Estado”.

Ainda em relação sobre a campanha de seu adversário, Delcídio afirma que o fato de Azambuja ter se coligado com o Nelsinho Trad (PMDB) já mostra sua imagem de conservadorismo.

“Ele se aliou ao primeiro partido que foi rejeitado nas eleições municipais de Campo Grande no ano de 2012. O que prova ainda mais que nós somos a verdadeira mudança para Mato Grosso do Sul”.

Para encerrar, Delcídio falou que o grande ponto do dia de hoje, além da vinda de Lula para Mato Grosso do Sul marcando sua presença nos bairros e realizando comício, foi ver toda motivação e trabalho da militância do PT. Segundo Delcídio, foram mais de sete mil pessoas no comício do bairro Aero Rancho “e isso prova que a militância não estava adormecida como os adversários vinham falando. É ela que vai me fazer vencer no domingo”, finaliza.

Karla Machado e Heloísa Lazarini